Uma briga de vizinhos pode ser a principal causa da morte de pai e filho em na cidade de Araçariguama, que fica localizada na Região Metropolitana de Sorocaba, interior de São Paulo. Os dois homens foram assassinados com requintes de crueldade e os corpos foram encontrados na manhã deste domingo (16), as margens de uma estrada de Araçariguama, pai e filho estavam desaparecidos despois de uma discussão com alguns vizinhos.

De acordo com o portal de notícias G1, os homens tinham destino ignorado desde a madrugada deste domingo, a Guarda Civil Municipal de Araçariguama, encontrou o corpo do jovem, de 17 anos, foi encontrado esquartejado em um campo de futebol as margens de uma rodovia, já o corpo do pai, de 38 anos estava jogado no acostamento da mesma estrada, o homem foi decapitado.

Publicidade
Publicidade

Entenda como aconteceu o crime

A família da vítimas estavam passando o feriado de #páscoa no sítio onde mora a namorada do jovem assassinado, eles residem na cidade de Cajamar (SP), que fica a aproximadamente 55 km de Araçariguama(SP). De acordo com as informações dadas pela Polícia Civil de São Roque (SP), a principal suspeita e linha de investigação é a briga entre as vítmas e os vizinhos da chácara onde a namorada do adolescente mora.

As primeiras apurações da polícia mostram que o homem de 38 anos identificado como Lessandro Aparecido Galvão, foi morto com golpes de facão logo depois da briga que aconteceu no local conhecido como Conjunto de Chácaras, naquela cidade. O jovem identificado como Erick da Silva Galvão, estava acompanhando o pai no momento da da briga e se tornou mais uma vítima de um #Crime brutal.

Publicidade

O desaparecimento dos dois foi notado na madrugada deste domingo e os corpos encontrados logo pela manhã. A perícia foi acionada para fazer uma analíse detalhada do local onde eles foram encontradas, próximos aos corpos foram localizados dois aparelhos celulares, que segundo a namorada os telefones não pertencem as vítimas.

A natureza do crime com tamanha crueldade chamou a atenção até dos policiais envolvidos na ocorrência. A polícia ainda afirmou que um dos agressores também levou uma facada, contudo está foragido seu paradeiro ainda é ignorado, mas a polícia continua investigando.

A polícia também investiga supostas ameaças ao outro filho de 15 anos da vítima, vinha sofrendo nos últimos dias, talvez a briga que terminou de maneira trágica tenha começado por causa destas intimidações. #Casos de polícia