Neste sábado, 22, o portal de notícias R7 deu detalhes reveladores sobre um dos crimes que mais mexeu com o Brasil, a morte de Eliza Samudio. Os detalhes da reportagem, certamente, podem servir de auxílio na tentativa de descobrir onde foi parar o corpo de Eliza, assassinada em 2012. A notícia é dada quando o Goleiro Bruno Fernandes, hoje atleta do 'Boa Esporte', corre o risco de ser preso novamente. Um pedido da Procuradoria-Geral da República deve ser analisado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) já na semana que vem.

Elo do mal

A reportagem do R7 revela que, quando Bruno ainda era um ídolo do Flamengo, ele tinha proximidade com bandidos, entre eles um dos traficantes mais temidos do Rio de Janeiro, Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha.

Publicidade
Publicidade

Bruno e Nem se encontravam em festas e trocavam confidências. O traficante controlava a maior favela da Zona Sul do Rio, importante por fazer divisa com bairros ricos. O traficante está preso e, por conta da relação que tinha com Bruno, acredita-se que pode saber bem mais do que já contou. Nem foi condenado a 48 anos de detenção.

Publicidade do tráfico

Bruno era o chamado "garoto-propaganda" do tráfico na Zona Sul. Com a amizade do goleiro, o traficante conseguia influenciar quem tanto queria, seja dentro da Rocinha ou fora dela. Isso tudo somente foi descoberto, quando dois outros traficantes, Johathan Gadiola, de 27 anos, e Vinicius Barbosa, de 21, foram presos na capital de Minas Gerais, Belo Horizonte. Ao serem presos, eles revelaram que pertenciam à quadrilha do Nem da Rocinha e que Bruno e o chefe do tráfico carioca eram grandes amigos.

Publicidade

Ministério Público tem desconfiança

A história contada pelos presos vivou uma investigação do Ministério Público mineiro. De acordo com a entidade, Bruno, Nem e a morte de Eliza Samúdio teriam relações. O que falta esclarecer ainda é se Nem teria participado do assassinato e ocultação do cadáver da ex-modelo. Em entrevista ao R7, alguns moradores da Rocinha confirmavam que o atleta, que na época estava no Flamengo, frequentava o local muitas vezes.

Retrospecto de ódio e terror

A suspeita sobre Nem e a morte de Eliza não é do nada. Ele é acusado de matar e esconder o cadáver de duas mulheres. Uma delas a modelo Luana Rodrigues. Os corpos das vítimas do traficante foram ocultados em um local afastado da comunidade. A diretoria do 'Boa Esporte' e o próprio goleiro foram procurados pelo portal de notícias da Record TV, a fim de prestarem esclarecimentos sobre tudo o que ocorreu, mas preferiram não se pronunciar. #Crime