A Polícia Civil do Paraná está investigando sete casos de tentativa de suicídio entre adolescentes, que ocorreram na última terça-feira (18). Os adolescentes que deram entrada em hospitais de Curitiba tinham sinais de automutilação e, após efetuarem os exames, foram comprovadas a ingestão de remédios também. A Secretaria de Saúde Municipal diz que os casos podem ter relação com o desafio da Baleia Azul. A Polícia Civil do Paraná investiga sete tentativas de #Suicídio de adolescentes, ocorridas nesta terça-feira em Curitiba.

Publicidade

O Secretário Municipal da Saúde de Curitiba, João Carlos Baracho alega: “Nos chamou muito a atenção pela repetição do padrão de comportamento, fazendo com que nós nos lembrássemos desse desafio”.

O Desafio da Baleia Azul vem sendo muito comentado ultimamente e vem aumentando a preocupação de inúmeros pais ao redor do mundo, pois o “Jogo”, possui uma sequencia de 50 desafios e a finalização é igual para todos os participantes: o suicídio.

Os desafios chegam aos adolescentes e jovens por meio das redes sociais, Facebook, Twitter, Instagram, WhatsApp, entre outros. Existem inúmeros tipos de desafio, dos mais leves aos mórbidos.

Os casos mais recentes já se encontram em investigação no Mato Grosso, Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo, Paraíba e Rio de Janeiro.

No Rio de Janeiro, uma menina de 15 anos, foi impedida de suicidar-se pela própria mãe, que a levou para acompanhamento médico e psicológico após descobrir que a menina tinha cumprido 49 dos 50 desafios propostos.

Segundo o Secretário de Saúde João Carlos a suspeita foi levantada, porque os casos surgiram praticamente na mesma hora e pelas tarefas serem realizadas de madrugada e serem praticamente as mesmas, os médicos plantonistas e policiais presentes fizeram a ligação com os Desafios.

UMA UPA E QUATRO CASOS

Na UPA do bairro residencial de Sítio Cercado, quatro adolescentes deram entrada em estado de emergência. Em outra região, no bairro de Pinheiros, outro jovem deu entrada para atendimento e foi encaminhado para o Conselho Tutelar na mesma madrugada.

Após o raiar do dia, outros dois casos foram anunciados, um jovem foi encaminhado diretamente para o CAPS (Atenção Psicossocial), além de outro que deu entrada em um hospital privado, totalizando sete casos em uma única noite. Mesmo que esses jovens não possuam relação entre si, é possível que exista algum tipo de conexão entre eles, pois pode se tratar de um único “Curador”, essa pessoa que os policiais estão tentando localizar.

João Carlos avalia a situação e diz: “Podemos perceber que a distribuição dos desafios está concentrada na região Sul da cidade.”

PREOCUPAÇÃO COM SÉRIES DA NETFLIX

A Prefeitura do Estado do Paraná emitiu uma nota ontem (18), informando que o Desafio da Baleia Azul pode não estar sendo realizados sozinho, pois uma nova série que está sendo distribuída pela Netflix pode ter a sua porcentagem no aumento da taxa de suicídios.

A nova série “13 Reasons Why”, que seria mais uma série de drama escolar, não se trata somente disso, pois conta a história de uma adolescente que cometeu suicídio E isso pode estar incentivando os adolescentes e jovens.

Em nota, a Prefeitura ressaltou os perigos da série, porém informou que a proibição de assistir ao programa pode não ser viável, pois se o jovem não vê em sua própria casa, irá para a de um colega e assim por diante. Os pais, como responsáveis, devem sentar juntamente aos seus filhos, assistir a série e comentar os temas polêmicos e explicar cada um deles de forma clara.

O Secretário afirma que o acompanhamento aos hábitos dos adolescentes deve ser constante e se perceber qualquer pequena mudança na forma de agir, e com o perigo iminente do desafio, os pais devem estar atentos, principalmente durante as madrugadas, mudanças de roupas, como usar blusa de frio no verão, parar de usar shorts e etc, pois esses podem ser sinais de tentar esconder sinais de flagelação. #BaleiaAzul #Crime