Assédio. Uma palavra antiga, mas que, nos últimos tempos, vem sendo entoada como um mantra na sociedade. Primeiro o caso com José Mayer, depois Marcos do BBB e agora Silvio Santos. Oi? Ele mesmo. Até o 'Homem do Baú' foi acusado de assédio, mas o moral. Neste domingo, 9, a apresentadora do 'SBT Brasil', Rachel Sheherazade, esteve no 'Troféu Imprensa'. No programa, onde foi receber o 'Oscar' da televisão brasileira, ela recebeu também uma chamada e tanta do comunicador, rei da telinha. Silvio Santos disse que não queria Rachel opinando sobre política. Ele deu uma dura publicamente e ouviu de sua emprega, com um sorriso sem graça, a seguinte pergunta: "Mas você me contratou para isso, não?".

O pai de Patrícia Abravanel, no ápice de sua sinceridade, ou quem sabe de sua velhice, respondeu que não e revelou que contratou Rachel, pois ela era muito bonita e tinha uma voz muito boa.

Publicidade
Publicidade

O comentário de Silvio virou motivo para colunistas políticos - de direita e e de esquerda - acusando ele, ou de se acovardar, ou então de promover um assédio moral contra sua funcionário. O colunista de extrema direita da Revista Veja, Felipe Moura, por exemplo, escreveu o seguinte, ao repercutir o caso do comunicador: "Silvio Santos rendeu-se à ameaça petista de cortar o mortadelão federal da emissora e transformou a única apresentadora da TV aberta brasileira que fazia críticas ao PT em mera leitora de teleprompter.

Felipe talvez não saiba, mas essa é a postura de Silvio desde que o SBT está no ar. Ele é um empresário de sucesso não é à toa. O 'Homem do Baú' ganhou sua concessão de TV no mesmo período que a extinta TV Manchete. O canal de Adolpho Bloch faliu há quase duas décadas e ele continua firme e forte.

Publicidade

Silvio passou pelo plano real, pelas crises econômicas, pela velhice.

É bem verdade que o comentário do apresentador é desnecessário, mas Rachel não pode acusá-lo de censura velada. O famoso animador dominical, mais de uma vez, já disse o mesmo, não apenas para ela, mas também para Danilo Gentili, que teve que segurar a onda e falar um pouco menos mal da ex-presidente Dilma Rousseff.

O que Silvio Santos falou pode ser considerado assédio moral? Depende do ponto de vista. Como ele diria em seguida, quem manda em sua TV é ele, logo, quem está lá tem que aceitar as regras, do contrário, pode pedir para sair. E veja bem, o apresentador apenas solicitou que Rachel faça um jornalismo isento, nada mais. O país está chato, ainda que temas precisem sim ser repercutidos. #Famosos