Neste domingo (14), uma criança acabou salvando a vida dela e de toda a sua família de um desmoronamento. O fato aconteceu em Dona Emma, Vale do Itajaí, na rodovia SC-340. De acordo com informações dos bombeiros, o carro deles foi destruído por pedras que caíram no asfalto, mas, por sorte, eles estavam foram do carro socorrendo um de seus filhos que passava mal.

O casal viajava com seus dois filhos para visitarem parentes. Em determinado momento da viagem, tiveram que parar o carro porque um dos filhos não estava se sentindo bem. Eles tinham acabado de sair do carro para dar auxílio à criança quando de repente as rochas se soltaram e caíram sobre o carro.

Publicidade
Publicidade

A situação do veículo mostra que talvez ninguém sobreviveria com as toneladas de pedras que caíram em cima do carro.

A criança que não estava bem chegou a ter um corte no supercílio e na boca com pequenos pedregulhos que pularam em direção a eles. Os pais e o outro filho não sofreram nada.

Segundo informações dos bombeiros, a criança foi levada ao hospital para uma avaliação médica. Os outros ocupantes do veículo disseram que estavam bem.

Uma das causas do desmoronamento é que no local sempre ocorre a retirada clandestina de cascalho. Os bombeiros acreditam que esso tenha sido o motivo das pedras se desgrudarem do morro.

Atropelamento

Na última sexta-feira (12), um outro caso grave e de grande #Tragédia aconteceu na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo. Uma jovem de 26 anos, a socorrista Jéssica Trianoski, acabou sendo atropelada por um ex-namorado que estava com ciúmes.

Publicidade

O atual namorado dela contou à Polícia como tudo aconteceu. De acordo com Carlos Araújo de Leite, ela tinha acabado de sair da casa dele quando um carro em alta velocidade e na contra-mão foi em sua direção.

Leite comentou que seu corpo voou por cima do carro, parecendo um boneco. Antes de ser atropelada, Jéssica ainda disse ao ver o carro vindo em sua direção que era Marcos, seu ex-namorado.

A socorrista teve morte cerebral constatada pelos médicos.

Suspeito foragido

Marcos Magno da Cunha Moraes, ex-namorado da vítima, está foragido. O carro dele foi localizado abandonado e todo danificado com o impacto do corpo da jovem no veículo.

O atual namorada da moça disse que Marcos teve a intenção de matá-la mesmo e não apenas pregar um susto. A polícia está investigando o caso e pediu para que quem tivesse informações do suspeito que entrasse em contato pelo Disk Denúncia (181). #milagre