O ex-#BBB André Gabeh vive um grande drama em sua vida. Ele, que participou da primeira edição do Big Brother Brasil, acabou sofrendo uma tentativa de assassinato por quem menos esperava, um parente que convivia com sua família desde que o ex-BBB era uma criança.

O caso aconteceu há três meses, mas voltou à tona neste domingo (28) por conta de uma reportagem do jornal carioca Extra, que decidiu mostrar o que aconteceu na vida de Gabeh desde o incidente. Ele é cantor e, por conta do ataque de seu parente, está impossibilitado de cantar.

No tempo em que espera melhoras de seu mal, ele estava finalizando o seu segundo CD. O álbum foi feito através do financiamento coletivo e quem bancou todo o disco foram os próprios fãs de André, que cativou milhares de pessoas com a sua história há 17 anos na Rede Globo de Televisão.

André Gabeh, ex-BBB, aguarda cirurgia no SUS para voltar a cantar

Atualmente, o cantor está com 42 anos de idade e lembra que sempre sobreviveu com o dinheiro que recebia da música.

Publicidade
Publicidade

No entanto, a agressão que ele sofreu prejudicou suas cordas vocais. O parente de André o enforcou utilizando um cabo de aço. A agressão também atingiu suas costelas e nariz.

A tentativa de assassinato brutal está fazendo com que o profissional da música repense sua vida. De acordo com o Extra, o cantor agora aguarda uma cirurgia no SUS, o Sistema Único de Saúde, para voltar a fazer o que mais gosta e precisa para sobreviver, voltar a cantar.

A cirurgia fará uma reconstrução da sua vida nasal. Enquanto o procedimento não acontece, o músico passa por tratamento psicológico e por um otorrino no Rio de Janeiro. Ele conseguiu um tratamento gratuito na região.

Amigos também o ajudam com clínicas particulares. Um de seus objetivos é curar os momentos de pânico que sofreu nas mãos do parente que o queria assassinar.

Publicidade

Ex-BBB convive com pânico após agressão de ente querido

André conversou com o Extra sobre esses sentimentos que tem. "Só saio de casa para muito perto e acompanhado. Levei socos que prejudicaram o meu aparelho fonador. Foi uma tentativa de assassinato, só não morri por um milagre", explicou.

Ainda segundo o ex-participante do Big Brother Brasil, o seu parente não foi preso até o momento e ele aguarda um parecer da situação sobre como proceder. Gabeh ainda criticou a polícia, que tem tratado o assunto como uma simples briga familiar, mesmo sabendo dos prejuízos que as agressões causaram a ele, impossibilitando, inclusive, o ex-BBB de fazer suas apresentações, que eram o seu ganha-pão.

Veja abaixo uma foto do artista mostrando o antes e o depois de ele participar da primeira edição do Big Brother Brasil:

#Famosos #BBB Big Brother Brasil