Luana Don esbanjou sua sensualidade e ousadia em muitas reportagens do 'TV Fama', programa da RedeTV!, entre os anos de 2012 e 2015. Nesse período, ela entrevistou as mais diversas personalidades brasileiras. Luana de Almeira Domingos é o nome verdadeiro da celebridade, que preferiu largar o microfone de repórter para atuar em uma das maiores organizações criminosas de São Paulo, o Primeiro Comando da Capital, o PCC. Aos 32 anos, Luana Don voltou a ser manchete nessa terça-feira (30) pelo jornal carioca Extra. O motivo é que a considerada foragida da Justiça pode ter escondido o Rio de Janeiro como o seu esconderijo.

Ex-repórter pode ser presa a qualquer momento

Por conta do envolvimento com o PCC, uma das maiores instituições que gere o tráfico de drogas de São Paulo, Luana, que também é advogada, tem um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o jornal Extra, que deu em primeira mão a nova fase do caso, a polícia de São Paulo está trabalhando em apoio com os agentes cariocas. Luana é acusada de ser uma das líderes do grupo 'Sintonia das Gravatas'. Ela seria uma espécie de advogada do PCC. Com a profissão, a gata conseguia entrar em presídios e passar mensagens dos criminosos para os chefões do tráfico que já estão na cadeia. Graças à ex-repórter, ordens saíam da cadeia e eram cumpridas pelos integrantes do Primeiro Comando da Capital que estão soltos. Crimes conhecidos da capital paulista teriam ocorrido por meio dessa modalidade.

Polícia solicita denúncias

A polícia pede que quem tiver informações sobre a ex-repórter do 'TV Fama' que entre em contato com o 'Disque Denúncia'. Os investigadores garantem o anonimato da ligação.

Publicidade

Por enquanto, Luana segue foragida e a polícia continua procurando por ela em possíveis esconderijos.

Veja abaixo um foto de Luana na época em que ela ainda era uma repórter de televisão. A também jornalista fazia matérias para o 'TV Fama', da RedeTV!.

Guilherme de Pádua também enfrentou problemas com a Justiça

Na década de 1990, outra personalidade da televisão acabou se envolvendo em uma polêmica e tanta. Ele acabou matando a atriz Daniela Perez, filha da autora da TV Globo Glória Perez. Os dois atores interpretavam personagens de Glória na novela 'De Corpo e Alma'. Pádua foi condenado pelo #Crime e, recentemente, voltou a ser notícia por anunciar o seu casamento com uma mulher que conheceu em uma igreja evangélica.