Você é do tipo que acredita em milagres? Eles acontecem todos os dias e podem acontecer com qualquer pessoa em diferentes situações do cotidiano. Alguns acreditam que certos fatos ocorrem por sorte, outros pensam que uma força divina está envolvida de forma a controlar os acontecimentos de nossa vida para nossa proteção. Nesta matéria você vai entender como uma família se livrou de uma morte literalmente esmagadora como que por milagre.

Um casal estava viajando por uma estrada do Vale do Itajaí, em Dona Emma, um município brasileiro que fica localizado no estado de #Santa Catarina, com seus dois filhos para uma visita a parentes.

Publicidade
Publicidade

Tudo estava indo bem até que, em uma parte do percurso, uma das crianças começou a se sentir mal e todos acabaram tendo que descer do carro e colocá-lo no acostamento para ajudar o menino. Enquanto o casal prestava assistência ao filho, instantaneamente uma grande parte das rochas que ficavam próximas à pista simplesmente caiu em cima do veículo que a família dirigia, deixando-o bastante danificado. Na hora do acidente, a família ficou completamente em choque, pois todos viram a morte de perto. Os bombeiros tiveram que ser chamados ao local para prestar socorro ao casal com as crianças. Felizmente, todos saíram com vida do local do #Acidente e praticamente sem ferimentos, exceto por uma das crianças que teve um pequeno ferimento acima do olho e no lábio e foram liberados do hospital ainda no domingo.

Publicidade

Segundo informações relatadas pelos bombeiros que prestaram socorro à família, naquele lugar são feitas frequentemente retiradas ilegais de cascalho, um tipo de pedra britada ou lascas de pedra, que geralmente se misturam com areia e fragmentos de tijolos, compondo material muito utilizado em construções, o que colaborou para que houvesse o desmoronamento das rochas sobre o carro. O fato ocorreu no último domingo (14) e apesar do grande susto que tiveram, todos que estavam no veículo no momento do acidente passam bem. O jornal que fez a divulgação do acontecimento não revelou a identidade de nenhum dos passeiros do carro. A pista da SC-340, onde tudo ocorreu, foi liberada no mesmo dia depois que foi feita a limpeza das pedras.

Até o presente momento, a prefeitura da cidade não prestou esclarecimentos ou opinião sobre o que aconteceu e nem sobre a veracidade a respeito da retirada de pedras que pode ter causado o acidente que poderia ter sido fatal. #Veiculo