Um homem identificado como Julio Cesar, de 32 anos de idade, está em estado de saúde considerado grave depois de ser atingido por um #raio, na cidade de Terra Rica, situada no noroeste do Estado do Paraná.

O fato ocorreu na última sexta-feira (19).

Celular na tomada

A princípio, não foi um #Acidente "qualquer". A vítima estava dentro de casa quando sofreu a descarga elétrica, pois estava próximo ao aparelho #Celular, que havia colocado na tomada para carregar a bateria.

Segundo informações repassadas por jornais da região, o homem ainda usava o fone de ouvido enquanto o aparelho estava ligado na tomada.

Estado grave

Depois do fato, o rapaz foi socorrido a tempo e encaminhado para o Hospital Municipal Cristo Redentor, onde foi submetido a diversos exames.

Publicidade
Publicidade

Após, ele foi levado para outra Instituição de Saúde, que fica em Paranavaí, e seu estado de saúde é considerado grave.

Os médicos acreditam que a vítima teve os tímpanos perfuradas e suspeitam, ainda, que o cérebro dela sofreu inúmeros danos por conta das descargas de energia.

Brasil: Raios

Conforme dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), caem no Brasil mais de 100 milhões de raios todos os anos. O País é o "número 1" na incidência de raios em todo o mundo.

As descargas elétricas geram inúmeros prejuízos tanto humanos, como ferimentos e mortes, quanto materiais.

Todo o cuidado é pouco quando estiver em casa ou na rua durante uma tempestade forte.

No interior de casas, o perigo dos raios está associado a aparelhos eletrônicos. As descargas elétricas podem atingir instalações elétricas e de telefonias, o que acarreta o aumento da tensão nos fios e causa sobrecarga.

Publicidade

São comuns casos em que as pessoas estão ao telefone com fio, o mesmo no caso acima descrito, onde celulares e outras aparelhos eletrônicos estão conectados à rede elétrica, propagando a descarga.

Outros problemas gerados por raios são os danos em produtos eletrônicos. Desse modo, é eficaz desligar aparelhos da tomada quando se deparar com tempestades, já que elas podem trazer variações na rede de energia elétrica e fazer com que seus aparelhos eletrônicos "queimem'.

Logo, deixe para carregar o celular depois e use notebooks apenas na bateria e com Wi-Fi quando a ocasião estiver propensa a raios.

Aterramentos de tomadas e aquisição de aparelhos específicos podem evitar a variação da energia e, consequentemente, evitar acidentes.