Alguns crimes são verdadeiramente surpreendentes, já que acontecem sem muitas explicações, ou então estão ligados à situações inusitadas. Foi isso o que rolou com uma jovem, que nasceu com estrabismo, também popularmente conhecido como uma doença que deixa a pessoa 'vesga'. Lonice , além de estrábica tinha também baixa visão e, segundo informações do portal de notícias G1, em matéria publicada nesta sexta-feira (19), ela é suspeita de matar o homem errado. Aos 23 anos, Leonice teria assassinado um homem de cinquenta e nove anos. Ele foi identificado como José Paixão.

Detalhes sobre o crime que foram parar na internet

Tudo aconteceu em um bar da capital do estado de Goiás, Goiânia.

Publicidade
Publicidade

Uma briga teve início com uma terceira pessoa e Leonice decidiu atirar nessa. No entanto, como não enxerga bem e é estrábica, ela atingiu o homem errado. O delegado que investiga o caso, identificado como Dannilo Proto, confirmou que o #Crime aconteceu mesmo devido ao problema de visão da acusada. Além dela, o irmão da presa também acabou sendo detido. Ele é acusado de ter participação no crime.

Vingança termina da pior forma possível

Então ela tentou matar uma mulher no bar por questões de ciúmes, mas acertou um cliente que não tinha qualquer ligação com a história devido a esse problema”, explicou Dannilo Proto na entrevista ao G1. A mulher explicou que tinha começado a discutir com outra mulher e ficou com ciúmes dessa. Essa outra, não teve o nome revelado, mas estaria com o ex-namorado de Leonice, deixando ela uma grande fera.

Publicidade

Ela apanhou dessa outra mulher e deixou o bar com muita raiva. Ao voltar, ela queria efetuar uma vingança, mas tudo deu bem errado.

Alvo verdadeiro de vesga estava a vinte metros de distância

O crime ocorreu no dia 11, mas apenas agora a notícia veio à tona. O irmão de Leonice foi identificado como Maico Douglas. Ele teria 26 anos. A mulher que atirou errado e seu irmão podem ficar pelo menos dezessete anos na cadeia. A polícia chegou à essa conclusão depois que ouviu testemunhas que estavam no bar e também após ter estudado a dinâmica do espaço e do crime.

Outros crimes que chocaram o país

Muitas ações criminosas dão o que falar no Brasil e no mundo. Por aqui, casos como o goleiro Bruno chamaram muita a atenção da mídia. O ex-atleta do Flamengo foi preso acusado de mandar matar sua ex-companheira, a modelo Eliza Samudio. Bruno voltou a ser preso.

A morte da menina Isabela também mexeu com a opinião pública. O pai e a madrasta dela, Alexandre Nardoni e Ana Carolina Jatobá, estão presos até hoje. Para algumas pessoas, eles não são culpados da ação criminosa que acabou na morte da pequena menina.

E você, o que achou dessa história? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo dos temas mais importantes e diversos para a sociedade.