A Polícia Civil de Mato Grosso, em operação deflagrada batizada de "Luxus", na última quinta-feira (4), prendeu uma jovem identificada como Lúbia Camilla Pinheiro Gorgete, que adora mostrar sua vida luxuosa nas redes sociais e que, por conta disso, foi apelidada de "Loira Ostentação" pelos usuários.

Bonita, viajada e com vários outros atributos que são invejados por muitas pessoas, Núbia era sensação na internet porque vivia usando roupas de marca, mostrando fotos tiradas da piscinas, bebendo drinks caros, indo a festas e usando carros importados e mostrava tudo isso para os seus "fãs" nas redes sociais.

Acontece que os "fãs" de Lúbia não imaginavam que esse luxo não vinha de trabalho honesto.

Publicidade
Publicidade

Pelo contrário, a moça, aparentemente, mantinha o conforto com dinheiro ilícito vindo tanto de assaltos a banco, como do Bolsa Família, recurso pago pelo Governo Federal a famílias de baixa renda.

Fora da lei

Núbia foi presa na última quinta-feira (4), juntamente com outros 12 integrantes de uma organização criminosa acusada de praticar ao menos 10 assaltos a agências bancárias. O prejuízo estimado por conta dos roubos é de até R$ 5 milhões de reais.

Dentre os presos, está um policial militar, que seria informante da quadrilha de criminosos e repassava informações privilegiadas para que o grupo cometesse os crimes.

Segundo os agentes, o grupo era liderado por Gilberto Silva Brasil, o qual também não era nada "humilde" em sua exposição nas redes sociais. Em uma foto do Facebook, Gilberto aparece tomando uma bebida na praia e inseriu a seguinte descrição: "Para um príncipe virar rei, o rei tem que morrer.

Publicidade

Eu estou aqui... Showman, o melhor do Estado".

Em outras publicações, Gilberto tirou "selfies" em pontos turísticos do Rio de Janeiro, bem como no sambódromo durante o último Carnaval.

Veja o vídeo onde a polícia faz a abordagem da quadrilha que realizava roubos milionários a bancos:

'Rombo' no Bolsa Família

Lúbia Gorgete não viva apenas de assaltos. A meliante recebia recursos do Bolsa Família desde o ano de 2016.

Conforme informação obtida pelo Portal Transparência do Governo Federal (que pode ser acessado por toda população), Núbia recebeu quase R$ 4 mil reais relativos a benefícios públicos e que, a princípio, são destinados para famílias carentes, para complementação de renda.

Contudo, parece que o dinheiro não está chegando em quem realmente precisa.

Entenda os assaltos

Segundo o Delegado Diogo Santana, responsável pela investigação policial, os ladrões tinham acesso aos cofres das agências bancárias que roubaram porque usavam imóveis que ficam ao lado dos estabelecimentos.

Depois, eles quebravam as paredes, entravam nos locais, desligavam o sistema de alarme e podiam acessar livremente os bancos. #LoiraOstentação #Associação Criminosa #Crime