Poucas horas depois do áudio de Michel #Temer ter vazado, cerca de trezentas pessoas foram para as ruas de Goiânia se manifestar e pedir a renúncia imediata do Presidente da República. Contudo, e tal como garante o site da Globo, que conseguiu flagrar tudo o que se passou, um motorista atropelou um grupo de manifestantes na Avenida Anhanguera, na manhã do dia 18 de maio, sendo que, felizmente, não se registraram mortes no local, somente duas pessoas feridas. O Corpo de Bombeiros conseguiu deter os dois passageiros no carro, depois de ambos terem sido atacados pelo grupo de manifestantes que estava próximo do local, como forma de vingança pelo atropelamento.

Publicidade
Publicidade

De fato, foi de forma muito inesperada que o jornal “O Globo”, nas últimas horas do dia 17 de maio, decidiu denunciar dois áudios onde Michel Temer e Aécio Neves são flagrados, alegadamente, em esquemas de subornos e pagamentos ilícitos. Com o conteúdo comprometedor ser vazado para o público brasileiro, rapidamente milhares de brasileiros organizaram manifestações para pedir o afastamento imediato do atual presidente, algo que não acabou por acontecer, visto que Temer garante ser inocente e que essa gravação teria sofrido alterações.

Sendo as manifestações, pelo menos na teoria e inicialmente pacíficas, a verdade é que na região de Goiânia, existiram motivos para muita confusão durante as manifestações. Como garante o site da “Globo”, um grupo de manifestantes acabou sendo surpreendido por um atropelamento, sendo que nada indica, pelo menos no momento, que tenha sido um ato pensado e propositado.

Publicidade

Porém, sentindo que aquele atropelamento tinha sido intencional, o grupo de manifestantes rapidamente rodeou o carro e o depredaram. “Ela está em estado de choque. Todo mundo queria apedrejar o carro dela. Tentaram linchá-la. Ela não ficou ferida, apenas assustada”, relatou um sargento responsável pela detenção dos dois passageiros, explicando que condutora, sem ferimentos, acabou temendo pela sua própria vida devido à fúria dos manifestantes.

A mulher que ficou em pior estado foi rapidamente transportada para o Hospital de Urgências de Goiânia, não tendo nunca perdido os sentidos apesar do choque violento. O segundo ferido é o marido da primeira vítima, que felizmente apenas teve ferimentos ligeiros no seu braço e seguiu de imediato para o 1º Distrito Policial da capital. O que acharam dessa loucura? Pensam que a condutora fez de propósito ou se tratou apenas de um acidente? Deixe sua opinião embaixo. #Manifestação #Lava Jato