Situações criminosas fazem parte do contexto social brasileiro e mundial. Um homem acabou virando notícia em todo o país por ter abusado de uma mulher e suas filhas. O caso aconteceu nesta quarta-feira (24), quando o Bope acabou matando o homem, identificado como José Ricardo Ferraz, de 29 anos, mais conhecido como Cambará. Os detalhes acabaram repercutiram em todo o país, na cidade de Curitiba, no Paraná. As vítimas menores de idade ajudaram a identificar o bandido. O crime começou quando o homem invadiu uma casa e estuprou uma mãe de família. Ela tinha 35 anos, quando tudo aconteceu. A mulher tentou defender suas filhas pequenas, mas acabou não conseguindo, como mostra uma matéria de um portal de notícias vinculado à Record TV.

Publicidade
Publicidade

Mãe heroína tenta salvar filhas de abuso e acaba assassinada

A polícia confirmou a ação heroica da mãe das vítimas. As menininhas, após perderem quem as criava, revelaram que a mãe tentou defendê-las. Ao ver que Cambará tentava molestar uma das meninas, ela pulou para cima dele e acabou levando um golpe de faca no pescoço. Ela não resistiu e acabou falecendo no mesmo instante.

Estuprador é denunciado pelo povo e polícia acha seu paradeiro

Horas após o crime contra a família, a polícia já fazia um intenso trabalho para descobrir onde o homem havia parado. Uma foto dele chegou a ser divulgada pela imprensa e - não demorou muito - ele acabou sendo encontrado. O número surpreendente de denúncias contra o criminoso acabou ajudando a polícia a identificar onde ele estava.

Publicidade

Uma das denúncias foi feita por uma estudante. Ela não teve o nome revelado. Graças à essa denúncia, os policiais do Bope conseguiram localizar o suspeito. A mulher confirmou as características do acusado e quando a polícia chegou, ele saiu correndo. O criminoso foi visto correndo para dentro da casa.

Criminoso tentou reagir e acabou sendo morto

Após o homem correr para dentro da casa, os policiais o perderam de vista. No entanto, a população ajudou na investigação, e apenas trinta minutos depois, ele foi novamente localizado. Foi nesse momento que o bandido reagiu à ação do Batalhão de Operações Especiais, mas não teve sorte. Ele acabou sendo morto naquele instante. O homem, mais tarde, descobriu-se, tinha grande ficha policial. Ele já havia passado, por exemplo, por uma penitenciária da região, mas fugiu do local. O criminoso é procurado desde 2008 e seria responsável por, pelo menos, cinco outros casos de #assassinato.

Deixe seu comentário. Ele é sempre importante. #Famosos