O Desafio da “#Baleia Azul” está fazendo soar todos os alarmes para os pais de jovens adolescentes, um pouco por todo o mundo. Tal como informa o site “UOL”, depois de sete casos potencialmente associados a esse jogo fatal de jovens na região, o Ministério Público de Pernambuco pediu, em um comunicado oficial, que os pais monitorassem urgentemente o celular dos seus filhos, bem como as suas redes sociais. O comunicado também relembra que, caso seu filho entre nesse jogo, ele vai sofrer muitas pressões psicológicas, e até ameaças, para continuar até ao fim.

O jogo fatal “Baleia Azul” teve seu início na Rússia, provocando um verdadeiro caos no país por fazer com que muitos jovens tivessem o suicídio como seu objetivo final.

Publicidade
Publicidade

Por incrível que pareça, e sabendo desde início que depois dos cinquenta passos todos os participantes vão ter que cometer suicídio, esse jogo ganhou muitos fãs em outras partes do planeta, como foi o caso no Brasil.

Conhecendo agora perfeitamente os perigos que esse jogo tem para os jovens, principalmente aqueles que estão mais isolados socialmente ou tem uma depressão profunda, as autoridades querem chegar ao maior número de pais possíveis para alertar a existência dessa ameaça à saúde dos seus filhos.

“No de curso do jogo, crianças e adolescentes sofrem pressões psicológicas, incluindo ameaças de morte aos seus familiares, caso tentem sair do jogo”, revelou uma promotora do Ministério Público, como garante o site “Ronda JC”, do portal “UOL”.

De fato, pelo que já se descobriu até agora, tudo indica que esse jogo consegue chegar a um número muito elevado de pessoas através das redes sociais.

Publicidade

De tal forma que, como já aconteceu por exemplo com Portugal, as autoridades estão tentando de tudo para conseguirem que os grupos de “Whatsapp” e “Facebook” que estão promovendo esse jogo fatal possam ser rapidamente eliminados.

Enquanto essas ameaças não estiverem longe do celular do seu filho, as autoridades aconselham que esteja muito atenta à atividade que ele tem nas redes sociais, bem como os comportamentos pouco normais que eles podem estar tendo nos últimos tempos. É normal que, caso seu filho esteja no “Desafio Baleia Azul”, se isole muito e esteja muito ativo durante a madrugada. Todo o cuidado parece ser pouco, principalmente porque as vítimas desse jogo não parecem parar de aumentar e chegar aos nossos jovens, que por vezes veem o jogo como uma alternativa para a sua dor. #Investigação Criminal