Nesta terça-feira (9), foi anunciado que as CNHs (Carteiras Nacionais de Habilitação) emitidas em todo o país, a partir deste mês, já contarão com uma novidade: o QR Code. A informação foi divulgada pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo, junto com o diretor do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), Elmer Vicenzi.

A tecnologia foi implantada para evitar fraudes e falsificações da #CNH. O código está localizado na parte interna do documento, sendo que ocupa um espaço de 5 cm x 5 cm, e as informações contidas nele podem ser lidas com a câmera de um smartphone, por meio de um aplicado chamado Lince, que foi desenvolvido pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), empresa de tecnologia que pertence ao governo federal.

Publicidade
Publicidade

O documento ainda teve algumas mudanças, como a alteração na cor, inclusão de marcas d’água, novo layout e a inserção de dois números de identificação do condutor. Essas medidas fazem parte das regras divulgadas pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) em maio do ano passado.

Pelo Denatran, não haverá taxas adicionais para a emissão das novas carteiras com esse sistema. Porém, os departamentos regionais de trânsito podem ter novas cobranças.

Importância das mudanças

Com a implantação do QR Code, o sistema eletrônico acessará as informações do Renach (Registro Nacional de Condutores Habilitados) somente com a leitura do código. Isso facilitará a consulta, já que não haverá a necessidade de digitar dados. Segundo informações do Serpro, oportunamente serão inseridos outros detalhes no código, como os dados dos veículos e ainda as infrações cometidas pelo motorista.

Publicidade

Apesar de as demais alterações terem ocorrido no início deste ano, o QR Code não havia sido adicionado por falta de tempo para que as gráficas se adaptassem a este modelo. De acordo com o Denatran, desde 1º de março algumas regiões haviam começado a inserir o código nas CNHs. Agora, a expectativa é de que em cinco anos todas as habilitações tenham o novo sistema.

As mudanças do novo layout serão feitas aos poucos. Por isso, não há a necessidade de fazer a troca do documento. As novas CNHs serão emitidas conforme a população renovar a habilitação.

Desde março, cerca de 300 mil habilitações foram emitidas com o QR Code em todo o país. Por isso, já há agentes utilizando o sistema para a verificação dos dados. Este modelo cumpre a Resolução 598 do Contran. #detran #QRCode