A agente da Polícia Rodovia Federal Mari Ag, de 30 anos, que trabalha no Rio de Janeiro, participa ativamente das redes sociais e tem quase 15 mil seguidores no Instagram. Ao que tudo indica, quando não está trabalhando, o que envolve uso de uniforme e armas pesadas, Mari tira fotos sensuais em belas praias, exibindo o corpo, marcado por curvas acentuadas.

A policial foi, nesta sexta-feira (5), destaque no jornal britânico Daily Mail, em uma reportagem com tom feminista e que destacou o corpo de Mari, frisando, ainda que a moça pratica muitos exercícios físicos. O resultado: um corpo de dar inveja, que cai muito bem em trajes de banho.

Publicidade
Publicidade

O jornal inglês, em sua versão digital, ainda ressalta que Mari Ag fez sucesso nas redes sociais.

Outro lado

Porém, o "Daily Mail" também destacou os riscos a que Mari Ag está submetida em seu trabalho na Polícia Rodoviária Federal, já que, segundo a publicação, o Brasil é um dos lugares mais violentos do mundo, com mais de 60 mil assassinatos por ano.

Sobre isso, a agente informou trabalhar no Rio de Janeiro, onde combate traficantes armados que cometem diversos crimes como roubos, homicídios, estupros e aterrorizam a população, bem como as pessoas que transitam por rodovias federais.

Para se tornar um agente da Polícia Rodoviária Federal é necessário ser aprovado em um rigoroso concurso, onde são testados conhecimento sobre matérias jurídicas, conduta social, teste de esforço físico e muitos outros exames, devido à importância da atividade exercida pelos agentes, que realmente é arriscada, mas imprescindível para a segurança da população e do País.

Publicidade

Mais um agente famoso

Não é a primeira vez que um policial brasileiro se destaca na mídia. No ano passado, o agente da Polícia Federal Lucas Valença, de 30 anos, ganhou até o apelido de "hipster da Federal".

O rapaz, que também atuava ativamente nas redes sociais, ficou conhecido por sua beleza depois de escoltar ninguém menos do que o ex-deputado federal Eduardo Cunha durante um depoimento da Operação Lava Jato.

Depois disso, Valença ficou famoso na mídia, mas decidiu "dar um tempo" em redes sociais depois que lhe foi instaurado um processo administrativo disciplinar para a apurar conduta de exposição, o que a Polícia Federal informou "ser incompatível" com a finalidade e porte da instituição.

Mari Ag não está livre de sanções disciplinares e pode ter o mesmo destino de Lucas, caso a fama dela continue aumentando. #corpão #biquíni #MariAg