O Congresso Nacional homenageou, no final da manhã desta terça-feira (27), a #Igreja Universal do Reino de Deus pelos #40 anos de existência. A sessão solene reuniu mais de mil pessoas no Plenário da Câmara dos Deputados e foi proposta pelo senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) e pelo deputado federal Márcio Marinho (PRB-RJ).

O bispo Domingos Siqueira representou o fundador da Igreja Universal, bispo Edir Macedo. Ele destacou que este dia ficará na história da igreja. “A Universal levará esta sessão solene como reconhecimento que a nação faz do trabalho anônimo, silencioso e muitas vezes incompreendido que a Igreja Universal realiza há 40 anos”, disse o bispo Domingos.

Publicidade
Publicidade

O presidente do #Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), destacou os trabalhos de evangelização e sociais desenvolvidos pela Universal. “A determinação, o trabalho e a fé dos devotos transformaram essa igreja em uma das mais significativas instituições religiosas do nosso querido Brasil”, falou o presidente.

O senador Eduardo Lopes, um dos propositores da sessão, comentou que, em meio a um cenário de constante ebulição, a igreja é “uma chama prevaleceu e ainda cresce”. Para ele, “a Universal firmou-se no cenário nacional e internacional como instituição transformadora de vidas e histórias”.

O deputado Márcio Marinho elogiou o trabalho da Universal, que já ultrapassou as barreiras do Brasil e hoje já se encontra em mais de 110 países. "É justamente o reconhecimento dos 40 anos de trabalho da Igreja Universal do Reino de Deus, que tem como seu líder principal o bispo Edir Macedo, que 40 anos atrás, num coreto, no subúrbio do Rio de Janeiro, começou esse trabalho", afirmou o deputado em seu discurso.

Publicidade

O evento teve também a presença do ex-senador e prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivela, que discursou e cantou a música “Perfume Universal”, considerada um hino da igreja. A solenidade contou ainda com as presenças do presidente da Igreja Universal, bispo Mauricio Campos, e do responsável da instituição religiosa em Brasília, bispo Wagner Negrão.

Início da Igreja

A Igreja Universal do Reino de Deus foi fundada no Rio de Janeiro, em 1977, no coreto, localizado na praça pública do Jardim do Méier. Após 40 anos de existência, a Universal tem 9 milhões de fiéis espalhados pelo mundo. Ela está presente em todos os estados brasileiros e em mais de 110 países.

Além de levar a palavra de Deus, a Igreja criou programas sociais que vêm ajudando milhares de pessoas. Apenas em 2016, 3,4 milhões de brasileiros foram beneficiados com as ações. Mais de 200 mil voluntários levaram ajuda a quase 387 mil idosos, 560 mil atendimentos a moradores de rua, assistência a 55 mil usuários de drogas.

Já 838 mil jovens foram beneficiados com atividades de cultura, cidadania e esportes e mais de 4 mil pessoas receberam cursos de alfabetização.

Publicidade

Além disso, mais de 800 mil atendimentos a detentos e jovens internos e seus familiares também receberam ajuda da Universal. Também foram amparadas mais de 55 mil mulheres vítimas de violência e aproximadamente 26 mil gestantes em situação de risco social também receberam auxílio da igreja. São 40 anos de existência e de amor ao próximo. Uma fé que superou as adversidades e vem transformando vidas ao longo desses anos.