Neste último domingo (28), um #policial Militar foi morto a tiros por um grupo de sete criminosos que pretendiam furtar a companhia de ônibus Via Metro, em Fortaleza, no bairro Cidade Nova. O policial foi identificado como Isidoro de Paiva, de 57 anos, e trabalhava na proteção do local.

O Policial Militar estava em uma cabine na garagem do estabelecimento no momento em que identificou a ação dos bandidos. Ele começou a trocar tiros com os criminosos imediatamente.

A companhia Via Metro fica na divisão entre Fortaleza e Maracanaú. A execução dos criminosos se iniciou por volta das sete horas da manhã, quando um dos sete criminosos dominou um condutor de ônibus.

Publicidade
Publicidade

Os bandidos o fizeram de refém para os conduzir até a empresa de ônibus. Quando o tiroteio aconteceu, apenas um dos homens havia pulado o muro do local, o que fez com que o #PM considerasse que ele estivesse atuando sozinho.

No decorrer de troca de disparo, os criminosos proferiram em simultâneo contra o abrigo onde o guarda estava e o remataram com uma bala na cabeça. O policial "sargento" faleceu na hora.

Devido ao tiroteio e à desordem, os bandidos fugiram sem arrastar coisa alguma. A PM agora observa o acontecimento e pretende chegar até os homens que mataram o policial. Toda a atuação foi capturada por câmeras de segurança do local. Por meio de um vídeo, é possível ver o instante da aproximação dos homens, que não procuravam disfarçar suas identificações.

Conforme o advogado Carlos Alexandre, o bandido que invadiu o estabelecimento foi capaz de subir o muro e escapar junto com os demais que lhe davam proteção.

Publicidade

As imagens chocam e detectam ao menos cinco bandidos do lado de fora da empresa.

Trabalhadores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados e chegaram a acudir o motorista, que ainda se encontrava baleado no local. #troca de tiros