Apesar de levar tudo na brincadeira, parece que a vida pessoal de #Danilo Gentili, apresentador do #SBT, não anda nem um pouco calma e alegre. O jornalista, após mandar de volta pelos correios um pacote com um documento que "esfregou" em suas "partes" para a deputada federal Maria do Rosário, ele acaba de ser condenado pela Justiça a pagar multas em um processo que enfrenta.

A condenação foi determinada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, que determinou que ele deverá pagar o valor de R$ 1 mil diários ao jornalista Gilberto Dimenstein até que ele apague de suas redes sociais ofensas feitas ao colega de profissão.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a decisão do juiz Edward Albert Lancelot, que trabalha na 35ª Vara Cível do TJ-SP, #gentili tem o prazo de 48h a partir de hoje, dia 1º de junho, para que retire as postagens de sua rede social. As informações foram fornecidas com exclusividade pelo site UOL, especialista em celebridades e artistas.

Apesar da pena já ter sido determinada, Danilo Gentili ainda poderá recorrer da decisão, anulando o que o juiz decidiu anteriormente.

No documento da condenação, o magistrado afirma de que há provas evidentes de que Gentili ofendeu o jornalista Dimenstein, chamando-o de "repugnante" em seu Facebook. O xingamento de Danilo era se referindo a uma matéria postada por ele no site em que trabalha, o Catraca Livre. O portal é administrado por ele e o Gentili havia sofrido críticas sérias pelo site por comparar a sua assistente de palco, negra, a um pedaço de chocolate.

Publicidade

Após a decisão do juiz no processo, Gilberto Dimenstein postou novamente em sua rede social, o Instagram, uma mensagem para os seguidores. No texto, ele se referiu a Danilo Gentili e usou um meme dele que tem circulando na internet para ilustrar a postagem.

No texto da foto, está escrito "aqui de boas esperando os processos".

Segundo o jornalista, a imagem foi usada para ilustrar o "senso de impunidade" que Danilo Gentili teria ao tomar suas atitudes na web.

Briga com deputada

Outra situação que tem causado revolta na web foi a atitude tomada por Danilo Gentili ao rasgar uma notificação recebida em sua casa, que foi enviada pela Procuradoria da Câmara dos Deputados Federais. Com a câmera ligada e registrando tudo, o jornalista rasgou o documento, esfregou em sua genitália e devolveu para o pacote, enviando de volta à deputada. Revoltado, ele justificou que não deve desculpas a ninguém e que não iria se calar.

O pacote chegou a ser recebido por um colega de Maria do Rosário e foi aberto em frente às câmeras também.