Uma campanha na internet está arrecadando dinheiro para remover a tatuagem feita na testa de um menor como forma de "punição" pelo suposto roubo de uma bicicleta de um homem sem perna. A meta, de R$ 15 mil, já havia sido superada às 12h30 deste último domingo (11), quando a arrecadação já somava R$ 16.196,66. Os valores arrecadados já somam mais de R$ 20 mil até a tarde dessa segunda-feira (12).

O objetivo, segundo os organizadores, é "pagar a remoção da tatuagem feita em sua testa num ato de tortura da qual foi vítima e custear os cuidados psicológicos do garoto, que tem problemas mentais e de dependência química".

Jovem tatuado é a principal manchete do domingo

O jovem se tornou um dos assuntos mais comentados e compartilhados das redes sociais.

Publicidade
Publicidade

O seu vídeo viralizou na internet e chamou a atenção de milhares de pessoas que se comoveram com a história.

Segundo os dois homens que cometeram o ato, o jovem teria tentado furtar a bicicleta de um aleijado. Os homens, revoltados com a situação, resolveram fazer uma #tatuagem na testa do jovem como forma de protesto, escrevendo " Eu sou ladrão e vacilão".

O vídeo, que já tem milhares de acessos pela rede social Youtube, foi pedido para ser removido por militantes dos Direitos Humanos. Algumas organizações já teriam enviado um ofício para que o Youtube remova o conteúdo o quanto antes.

Jovem tatuado se diz inocente

O jovem, que estava desaparecido desde quarta-feira (31), foi encontrado por um amigo e levado para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido. Em seu depoimento, o jovem se diz inocente e alega não ter praticado nenhuma tentativa de furto.

Publicidade

Segundo o jovem, tudo não passou de um mal entendido. Os agressores, sem ao menos perguntar, teriam partido para cima e o agredido física e emocionalmente.

Após prestar esclarecimentos, ele teria sido atendido por um médico, que o liberou.

Veja abaixo o vídeo que viralizou na internet e recebeu milhares de visualizações:

#Vaquinha #ladrão que teve testa tatuada