O caso ocorreu no ultimo sábado dia (10), por volta das 17 horas, na Zona Leste de Manaus, no Amazonas. Um homem de 33 anos, que não teve a identidade revelada, atropelou a mulher e o amante dela, que também não tiveram suas identidades reveladas, ao encontrar os dois saindo de um motel.

O homem conseguiu localizar o lugar que a mulher estava após rastrear o celular da esposa. Ele, então, fez campana em frente ao motel até que o casal deixou o estabelecimento. Quando viu sua mulher sair com o amante e constatar a #traição, ele jogou o carro em direção das vitimas, as acertando em cheio.

Segundo relatos de testemunhas, a mulher de 29 anos teria levado o filho, que estava doente, até um pronto socorro infantil.

Publicidade
Publicidade

Porém, o menino foi deixado no hospital.

Ela pegou carona com um homem e os dois seguiram de moto em direção ao Motel Chamego, que fica na Alameda Cosme Ferreira, bairro do Zumbi dos Palmares, Zona Leste da capital amazonense. As vítimas foram socorridas e levadas até o Pronto Socorro de João Lúcio também localizado na Zona Leste de Manaus.

A mulher teve fratura em uma das pernas, já o homem teve as duas pernas fraturadas. O marido não fugiu e permaneceu no local do atropelamento até que a Polícia Militar e o socorro chegassem. Ele não resistiu ao ser preso.

O homem foi levado até o 9° Distrito Integrado de Policia (DIP), onde confessou o crime e foi autuado em fragrante por tentativa de homicídio. Ele será encaminhado para audiência de custódia.

Caso semelhante

Uma situação parecida a essa aconteceu em Pontypridd, no País de Gales.

Publicidade

Dessa vez, foi uma mulher que ficou revoltada ao descobrir que era traída. Maria Addis, de 34 anos, resolveu se vingar de seu marido Mark, de 37 anos, após descobrir que ele a estava traindo com uma adolescente de apenas 18 anos.

Indignada com a situação, ela não pensou duas vezes. Quando estava dirigindo seu carro, ela avançou em direção de Mark, jogando o carro contra o marido, que teve sua perna atingida e caiu no chão.

Em julgamento, Maria Addis negou que tivesse intenção de lesionar o seu agora ex-marido, mas mesmo assim foi condenada a pagar uma multa equivalente a R$ 2,5 mil por direção perigosa e levou sete pontos em sua carteira de motorista. Ao fim do julgamento, ela declarou que estava feliz que a situação havia chegado ao fim.

Em um post em sua conta no Facebook, o ex-marido de Maria Addis assumiu o relacionamento com a pivô de sua separação, Lucy Gill, de 18 anos. #Entretenimento #Acidente