Todos os dias são noticiados em vários meios de comunicações, em todo o planeta, homicídios contra homens, mulheres, adolescentes e crianças. E nesse ritmo de violência, um jovem foi assassinado cruelmente após ele estar comemorando um dinheiro que tinha acabado de receber.

O jovem foi morto algum tempo depois de ter postado em seu perfil do Facebook que estava muito feliz de ter conseguido sacar um dinheiro que estava inativo há muito tempo. Infelizmente, o homem não pode desfrutar do dinheiro, já que foi assassinado dentro de sua residência.

O homem foi morto a golpes de faca por volta das 23 horas de sábado (17), na rua 14, no bairro Recanto dos Pássaros, região do Coxipó, em Cuiabá, capital de Mato Grosso (MT).

Publicidade
Publicidade

A vítima foi identificada pelas autoridades locais como Reginaldo Aparecido da Silva, de 35 anos. Segundo informações divulgadas pela polícia, a vítima levou várias facadas pelo corpo, especialmente na região do pescoço.

Nenhum suspeito de ter cometido o latrocínio (roubo seguido de #Morte) foi preso pela polícia local. Conforme informações divulgadas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima estava em sua casa comemorado o fato de ter conseguido sacar o seu FGTS que estava inativo há muito tempo.

De acordo com os investigadores da polícia, Reginaldo decidiu compartilhar a sua alegria com seus amigos em redes sociais. O jovem teria postado no Facebook que ele tinha acabado de sacar o seu FGTS inativo. Ainda de acordo com os investigadores, após algumas horas, criminosos foram até a residência da vítima, onde ele foi roubado e como se não bastasse a tamanha crueldade com a vítima, desferiram vários golpes de faca contra o mesmo.

Publicidade

Após cometer o homicídio, os suspeitos fugiram do local tomando rumo ignorado. Segundo informações divulgadas pela Polícia Militar, foi recebida uma chamada via Ciosp (Centro Integrado de Operações em Segurança Pública), relatando que um homem havia sido assassinado em sua residência.

Logo os policiais foram até a cena do #Crime onde confirmaram a veracidade dos fatos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), também foi acionado, mas os socorristas não puderam fazer mais nada. Reginaldo já estava sem os seus sinais vitais. A cena do crime foi isolada para o trabalho dos peritos. Logo após, o corpo da vítima foi recolhido e levado para o IML da localidade, onde passou por todos os procedimentos necessários para o caso. A polícia abriu um inquérito e o caso contínua sendo investigado. Nenhum suspeito de ter cometido o crime foi preso pela polícia. #Casos de polícia