O vídeo em que mostra um rapaz arrastando um caixão em uma bicicleta pelas ruas de Prata, município de Minas Gerais, no último domingo (28), tem causado grande repercussão nas redes sociais.

O rapaz de 29 anos, que não teve o nome divulgado, invadiu o cemitério municipal para desenterrar o caixão, que pertencia ao seu irmão, e conseguiu sair com o caixão nas costas sem chamar a atenção.

Logo após sair do local, o #Jovem o colocou sobre uma bicicleta e saiu pelas ruas. O momento foi registrado por um morador, que compartilhou imediatamente o conteúdo em suas redes sociais.

Segundo informações de um representante do Cemitério da Cidade, o local possui seguranças durante o dia e, pela noite, as luzes são mantidas acesas.

Publicidade
Publicidade

A administração não se preocupava com segurança noturna, pois a cidade sempre foi tranquila e não imaginariam passar por uma situação como essa.

Moradores do município acionaram a polícia, que rapidamente apreendeu o rapaz. Muito agressivo, ele foi levado para a delegacia para explicar a ocorrência. Segundo informações de policiais locais, ele retirou o caixão do cemitério, pois teve um sonho em que o irmão pedia sua ajuda para passear, pois estava com muita saudade.

Ainda de acordo os policiais, o jovem, transtornado, resolveu invadir o cemitério pulando o muro. Familiares e amigos do rapaz afirmaram que, desde a #Morte do irmão, ele vem apresentando um comportamento estranho e agressivo, mas é uma boa pessoa.

O jovem foi preso em flagrante e vai responder por #Crime de ofensa. Ainda poderá pegar até três anos de prisão, além de pagar multa.

Publicidade

Após prestar depoimento, o rapaz foi liberado e vai aguardar o resultado do caso em liberdade.

De acordo com a administradora do cemitério, o caixão voltou para o túmulo na mesma noite e os restos mortais que estavam no local há mais de um ano continuavam em perfeitas condições. Com relação à segurança do cemitério, eles informaram que novas medidas serão tomadas para reforçar a tranquilidade dos familiares dos mortos.

O caso dividiu opiniões dos internautas. Uma boa parte das pessoas criticaram o fato de o rapaz ter sido preso e ainda ter que responder por crime, pois ele estaria precisando de ajuda profissional.