Nos últimos dias, começou a circular nas redes sociais o vídeo de um adolescente de 17 anos que teria sido flagrado roubando uma bicicleta em São Bernardo do Campo, na região do ABC, e teve a testa tatuada com a frase “Eu sou ladrão e vacilão”. O caso, registrado em vídeo gravado pelo tatuador Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, e seu vizinho Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27, aconteceu no dia 31 de maio.

Na sexta-feira (9), os dois homens que torturaram e tatuaram a testa do jovem foram presos pela Polícia Civil. Eles confirmaram a tortura e justificaram dizendo que o adolescente teria tentado roubar uma bicicleta.

Publicidade
Publicidade

Neste sábado (10), o rapaz, que estava desaparecido desde o dia em que tudo aconteceu, foi encontrado na rua por um amigo da família. Segundo informações apuradas pelo site Ponte Jornalismo, o advogado Ariel de Castro Alves, que está em contato com a família, afirmou que o jovem mora com um tio e a avó, afirmou que não furtou nada e, além da #Tatuagem, teria sido agredido.

Ainda segundo o advogado, o adolescente tem problemas mentais e se trata no Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de São Bernardo do Campo.

Vídeo

No vídeo, o jovem de 17 anos está sentado em uma cadeira e veste uma camiseta preta e uma calça jeans. Ele está com cara de assustado. Maycon Reis filma tudo. Enquanto Ronildo Araújo se aproxima para iniciar a tatuagem.

“Fica quieto, mano”, diz Ronildo. “Nossa, vai ser muito bom isso”, continua.

Publicidade

Maycon, rindo, diz que vai doer. A testa é uma região bastante sensível por ter praticamente somente pele e osso.

Na sequência, Ronildo segura o adolescente pelo cabelo, pede para ele olhar para a câmera. “O que você quer fazer hoje, uma tatuagem?”, pergunta o tatuador. Em tom de deboche, os dois homens querem saber o que jovem quer que seja escrito em sua testa. Na sequência deste primeiro vídeo, o tatuador inicia a tatuagem.

O segundo vídeo que circula pelas redes sociais mostra como ficou a testa do rapaz. “Não mostra a testa ainda não e olha para a câmera”, diz Ronildo. O jovem está com o olho cheio de lágrimas.

“O que você está fazendo aqui? Roubando?”, pergunta o tatuador. O diálogo continua com Ronildo dizendo e menor repetindo que ele roubou uma bicicleta de um homem que não tem as pernas e usa o meio de transporte para ganhar dinheiro no farol.

“Para você seus ladrões, vocês merecem morrer”, finaliza Ronildo. Na segunda-feira (12), a delegada que está cuidando do caso deve conceder uma entrevista coletiva. #roubo