Infelizmente, mais uma notícia envolvendo o abuso sexual de uma adolescente ganha as manchetes dos jornais. Uma mãe que deveria zelar pelo bem-estar de sua filha, entregou a jovem, como uma presa fácil, para que ela fosse estuprada.

Além da barbaridade pela qual ela fez sua filha passar, não satisfeita, a mulher ainda tirou fotos do momento em que a garota de apenas 13 anos era abusada sexualmente.

Que pena essa mulher merece? Como o ser humano pode chegar neste nível de perversidade?

De acordo com o portal de notícias G1, a mulher, de 32 anos, foi presa nesta sexta-feira (2), na cidade e Rondonópolis, que fica a aproximadamente 218 Km de Cuiabá, capital do Estado de Mato Grosso.

Publicidade
Publicidade

Saiba mais.

Mãe facilita o estupro da filha e fotografa a violência sexual

Segundo a Polícia Civil, a mulher, que não teve seu nome identificado, foi presa acusada de favorecer o #Estupro da própria filha de 13 anos e ainda registrar o ato através de fotos. O homem que violentou a adolescente é amigo da mulher. Tal atitude deixou até os policiais mais experientes perplexos.

Ela teve o mandado de prisão expedido e foi detida sob as acusações de corrupção de menores e por registrar imagens pornográficas envolvendo criança ou adolescente.

A polícia chegou até a mulher depois que o Conselho Tutelar de Rondonópolis recebeu uma denúncia anônima sobre o estupro da adolescente. A polícia foi acionada e as investigações começaram imediatamente.

De acordo com as denúncias e as investigações que a seguiram, a menina foi levada pela mãe até um rio que atravessa o munícipio, onde ela foi entregue ao amigo da mulher.

Publicidade

A mãe ainda teve a frieza de tirar várias fotos da adolescente sendo estuprada. Nas fotos encontradas pela polícia, é possível ver o homem e a garota seminus e o suspeito tocando as genitais da jovem.

As imagens foram encontradas em dois celulares que estavam na casa da mulher, o que caracterizou o #Crime de produzir ou reproduzir material com sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes.

Além da garota de 13 anos, a mulher tem mais três filhos, todos foram encaminhados para o Conselho Tutelar onde estão recebendo todos os cuidados necessários. A garota vai receber acompanhamento psicológico.

A Polícia Civil vai dar continuação à investigação. Não foi informado se o homem que violentou a adolescente já foi identificado e preso.

Infelizmente, casos de abusos sexual contra crianças e adolescentes acontecem na maioria das vezes dentro de casa. Amigos, parentes e vizinhos que, em um primeiro momento parecem ser de confiança, se tornam predadores perversos, portanto, é preciso ter muito cuidado.

Se você presenciar ou suspeitar de alguma coisa, denuncie anonimamente através do Disque 100 ou 181. #Casos de polícia