Uma conclusão trágica e um enredo triste para a família de Lariane Vitória, de apenas 11 anos. Ela morava com seus parentes em Sinop, município de Cuiabá, em Mato Grosso, quando foi constatado seu #desaparecimento. O corpo foi localizado no último sábado (27), em um área abandonada de um terreno baldio, no bairro de Boa Esperança.

Seus familiares procuravam pistas desde o dia 20 de maio, mas não encontraram nada. A PM já tinha sido alertada e estava em busca do paradeiro da #criança.

Sete dias após o desaparecimento, o corpo foi encontrado em estado de decomposição por transeuntes do bairro.

O padastro, que reconheceu o corpo, disse à polícia que a menina era usuária de #drogas. O corpo foi encaminhado ao IML e deve passar por necrópsia. Um laudo deve apontar as causas da morte e o caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Criança poderia ser usuária de drogas

Mesmo sendo uma criança, a menina tinha várias passagem na delegacia, com muitos artigos como 155 e 157.

Publicidade
Publicidade

Toda a família já sabia que ela usava drogas. Os parentes já tinham feito de tudo para tentar salvar a garotinha, tentando afastá-la dos perigos, mas não teve jeito.

Conforme a imprensa local, mãe da garota chegou a tomar atitudes para lá de radicais. Uma dessas foi trancá-la em um quarto para que não tivesse contato com as más influências.