#Edir Macedo, bispo da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus), mais uma vez é um dos principais temas dos noticiários desta última quarta-feira (12).

O motivo surpreendeu a muitas pessoas, pois é um assunto considerado polêmico. Acontece que durante o seu programa de televisão conhecido como “Palavra Amiga”, o bispo resolveu expor sua opinião ideológica a respeito do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Segundo informações publicadas pelo site TV Foco, Macedo se pronunciou a favor da união homo afetiva. É válido lembrar que o filho de Edir, Moyses, já se viu dentro de diversas polêmicas que envolviam sua sexualidade.

Publicidade
Publicidade

Atualmente, Moyses assume uma posição de muita importância dentro da igreja e nega que sinta atração por homens.

Macedo se posiciona contra pastores que são contra casamentos gays

O líder da Igreja Universal do Reino de Deus tem 70 anos de idade, porém, mostra-se com a cabeça aberta à novas ideias. Ele criticou de forma severa pastores e bispos que fazem pregações se posicionando contra o amor que existe entre as pessoas do mesmo sexo.

É muito comum em muitas igrejas durante a pregação os pastores usarem textos do antigo testamento para afirmar que homem que se deita com outro não merece o reino dos céus. Em outras palavras, eles afirmam que essas pessoas irão para o inferno.

Edir Macedo ainda disse mais. Ele acredita que Deus seria capaz de fazer algo parecido, referindo-se ao casamento de homossexuais.

Publicidade

Jesus nunca levantou bandeira contra os gays, afirma Edir

Macedo fez questão de lembrar que no tempo em que Cristo viveu também existiam homossexuais e os relacionamentos amorosos entre pessoas do mesmo sexo é algo que já existia naquela época. Porém, Jesus nunca levantou uma bandeira contra o público LGBT. Pelo contrário, Cristo, afirmava que as pessoas deveriam amar o próximo como a si mesmo, sem distinção de etnia ou sexualidade ou classe social.

Edir se mostrou favorável a união entre dois homens

Macedo mandou várias indiretas para os pregadores que perseguem o público LGBT.

Durante seu pronunciamento no programa, ele se mostrou favorável a união de dois homens ou de duas mulheres. Ele ainda afirmou que sua igreja não impõe nada contra os fiéis que participam de sua igreja, pelo contrário, eles são recebidos com muito amor e carinho independentemente de qualquer coisa.

Ao citar igrejas e pastores o bispo se perguntou se por acaso Cristo vivesse em nosso tempo ele faria o mesmo que alguns pastores estão fazendo ao criticarem duramente a comunidade LGBT. Ele termina a fala afirmando crer que Jesus não agiria assim.

Burburinho nas redes sociais

O pronunciamento de Edir está sempre circulando nas redes sociais e as opiniões se dividem. Existem aqueles que são contra o posicionamento do pastor, porém, existem também muitas pessoas que são a favor.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante e sempre ajuda no diálogo. #casamento gay #lésbicas