Ivan Martins, 34 anos, que fez o papel de um traficante no filme nacional ‘’Cidade de Deus’’ (2002), está sendo procurado por ser um dos suspeitos do assassinato do policial militar Hudson Araújo, que acabou sendo morto neste domingo (23), no Morro do Vidigal, no Rio de Janeiro.

“Ivan, o Terrível”, como é popularmente conhecido, é o chefe do tráfico na localidade e foi condenado duas vezes por assalto. A cinco anos de prisão na primeira condenação e a oito anos, na segunda. O traficante do cinema que depois também se tornou na vida real é foragido e já possui cinco passagens pela polícia. No ano de 2008, ele acabou sendo preso, mas foi colocado em liberdade após três anos.

Publicidade
Publicidade

No começo deste ano, a Justiça decretou um mandado de prisão para Ivan.

Uma grande chance seguida de uma péssima escolha

Muitos atores de ‘’Cidade de Deus’’, que eram companheiros de Ivan, seguiram carreiras sólidas. Thiago Martins, que atualmente está gravando ‘’Pega Pega’’, da Rede #Globo, fez participação em ‘’Cidade dos Homens’’, ‘’Avenida Brasil’’ e ‘’Caminho das índias’’. Também já fez parte de 16 filmes.

Roberta Rodrigues se destacou nas novelas ‘’Salve Jorge’’ e ‘’Regra do jogo’’. Jonhatan Haagensen, assim como Thiago, protagonizou ‘’Cidade de Deus’’ e ‘’Cidade dos Homens’’.

A vida imitando a arte

O filme ‘’Cidade de Deus’’ foi um grande sucesso, chegou até entrar na disputa de quatro Oscars. Ele mostra a realidade sobre a violência e a desigualdade no Rio de Janeiro, que existe até hoje.

Publicidade

Retrata uma cidade onde a corrupção reina, e para muitos jovens, o envolvimento com as drogas e o mundo do #Crime é comum.

Em 2012, Ivan fez uma participação no documentário sobre os dez anos do filme. Apareceu em uma cena em que está cantando uma letra de rap.

O traficante também chegou a fazer parte do grupo “Nós do Morro”, um projeto que foi criado para oferecer atividades e cursos nas áreas de teatro e cinema. Foi onde saíram alguns atores, técnicos e roteiristas.

O arrependimento do conhecido

Leandro Firmino, mais conhecido por interpretar o papel de Zé Pequeno no filme, que também fez parte do projeto social, lastimou a escolha de Ivan Martins em se envolver com a criminalidade. Firmino comenta que lembra vagamente do bandido quando participou do projeto, pois haviam muitos jovens. O #Ator ainda disse que fica muito triste com a notícia, pois uma pessoa como ele não soube fazer boas escolhas.

Conclui dizendo que todos que participaram, de alguma forma, tiveram a oportunidade de trilhar um caminho do bem. Porém, afirma o ator, que a perseverança e estrutura familiar foram o que faltaram.