Publicidade
Publicidade

Rodriguinho é um dos principais nomes da música brasileira e ficou conhecido por ter participado do grupo 'Os Travessos'. Hoje bem mais musculoso do que em outros tempos, Rodriguinho segue carreira como cantor solo e hoje tem seu nome envolvido em uma importante polêmica judicial. É o que mostra uma reportagem publicada pelo jornal carioca Extra, nesta segunda-feira (31). O jornal contou que até mesmo a prefeitura da maior cidade do país está processando #Rodriguinho.

Multas e dívidas: estado cobra cantor Rodriguinho e valor impressiona

A prefeitura de São Paulo alega que apenas de multas da Land Rover do cantor já são mais de R$ 36 mil.

Publicidade

O problema é que até mesmo o carro não estaria pago. O veículo, que é visto como de luxo, teve financiamento feito por um banco, mas o artista ainda não pagou cerca de R$ 72 mil relativos às parcelas do automóvel. O carro ainda não foi encontrado pela polícia, já que existe um processo de apreensão. Nem mesmo o IPVA do veículo foi pago. Mas você acha que os calotes pararam por aí? Nada disso.

Cantor Rodriguinho soma quase R$ 2 milhões em dívidas e vive com vários processos

O profissional da música também tem dívidas referentes a um imóvel localizado no bairro de Tatuapé, no estado de São Paulo. Ele alugava um espaço, onde chegou a funcionar uma produtora, a chamada F Unit Produções. O artista saiu devendo cerca de R$ 40 mil ao proprietário do imóvel paulista. A maior dívida, no entanto, está com a ex-empresária.

Publicidade

O valor dela chega a quase R$ 2 milhões e, por enquanto, o cantor pagou apenas 1% desse valor.

Ex-empresária processa Rodriguinho e pede R$ 1,8 milhão em briga judicial

Nem mesmo a ex-empresário, Vera Cardoso, decidiu dar um "desconto" ao artista. Ela também está processando o ex-vocalista do grupo 'Os Travessos'. Vera, que é da JR Produções, iniciou o processo logo após o fim do grupo. Ainda em 2013, o profissional da música foi obrigado pela justiça a pagar a quantia de R$ 1,8 milhão à produtora, mas até o momento Rodriguinho pagou pouco mais de 1% no processo, cerca de R$ 20 mil. Apenas a primeira parcela do acordo foi assinada. Isso porque um oficial de justiça, ao saber que o cantor faria um show, proibiu os contratantes de o pagarem. Com isso, os R$ 20 mil foram dados à ex-empresária.

Algo parecido aconteceu recentemente com o cantor Thiago Servo. No caso, ele foi preso por não pagar a pensão do filho. Rodriguinho, segundo a lei brasileira, pode ir para o mesmo caminho. #Famosos