O gemidão do #WhatsApp, uma das pegadinhas que tem se tornado viral na internet e nos grupos do aplicativo de conversação, tem dado muita dor de cabeça para quem tem a mania de abrir vídeo e áudio sem fone na rua. A 'brincadeira' baseia-se em envia áudios e vídeo editados [VIDEO] com um gemido sexual de uma mulher durante momento estratégicos e inimagináveis para fazer o amigo passar o maior mico da vida.

Contudo, quem pensa que é legal enviar o gemidão mal pode imaginar a que nível o brasileiro chegou a respeito dessa supostamente divertida pegadinha [VIDEO].

Uma mulher chamada Charlize Mayla, de 27 anos de idade, decidiu fazer uma tatuagem em homenagem à piada, usando a 'fala' da atriz pornô que interpreta o famoso gemido da internet como símbolo para o gemido.

Publicidade
Publicidade

Após postar a foto da tatuagem na redes sociais, Charlize foi extramemente ofendida e atacada por pessoas que não a conheciam. A tatuagem do gemidão foi feita no braço dela, entre outras duas que ela já tinha anteriormente.

Como foi tatuar o gemidão do Whatsapp

A repercussão do feito de Charlize alcançou páginas grandes do Facebook e foi retuitada diversas vezes no Twitter por usuários inconformados com a 'piada' que Charlize tentou pregar nos amigos que fossem tentar ler a tatuagem do gemido.

A moça deu entrevista para o jornal Extra e disse que não está nem um pouco preocupada [VIDEO]com o que as pessoas estão pensando sobre isso. Ela disse que fez como uma brincadeira e pretende manter o texto no braço, independente do que outras pessoas que não a conhecem falem.

Charlize contou como foi o seu primeiro contato com o gemidão do Whatsapp.

Publicidade

"Eu estava no intervalo do curso à noite quando recebi o áudio. Um amigo meu que me mandou. A gente estava conversando. Eu nem desconfiei. Aumentei o volume e caí (na brincadeira). Comecei a rir", disse a estudante para o jornal Extra.

A moça não levou muito tempo para tatuar o gemido no braço. Ela ouviu o áudio na quarta-feira, dia 19, e já no dia 20, por volta de 18h30 ela já tinha os gemidos estampados em sua pele.

Apesar das críticas, ela disse que não se afeta pelo o que as outras pessoas estão achando. Charlize acha engragaça a repercussão e afirma que, por todo mundo tomar conta da vida dos outros e até xingá-la nas redes sociais é um dos motivos para o "#Brasil não ir para a frente".

Vida normal no trabalho

Sem perder o bom humor, ela garante que responde aos 'haters' com tom de brincadeira e diz que não quer saber de comentários negativos sobre sua atitude, senão ela só vai se decepcionar e da corda.

"Foi uma zoeira. Pedi para uma amiga tatuadora e ela topou", garantiu Charlize.

A moça trabalha hoje na área administrativa de uma empresa em Londrina, no Paraná. Ela garante que não tem causado problemas andar com a tatuagem exposta. #Curiosidade