Por causa de uma suposta traição, uma mulher surtou de ciúmes e acabou criando uma cilada para a aquela que seria a amante de seu marido. De acordo com o portal de notícias online, G1, o #Vídeo com as imagens da mulher nua, com cabelos e sobrancelas raspadas, circulando dentro de uma carro, nas ruas de Barretos, cidade localizada no interior de São Paulo; foi feito no mês de junho deste ano, mas só agora ele começou a circular nas redes sociais.

Polícia investiga o caso

A Polícia Civil está investigando o caso em que uma mulher obriga uma jovem de 18 anos a circular nua, dentro no banco da frente de seu carro, como uma forma de 'castigo', por ela ter supostamente se envolvido com seu marido, que cumpre pena no Centro de Detenção Provisória de Taiúva (SP).

Publicidade
Publicidade

O delegado responsável pelas investigações, Marcos Eduardo Marques, informou que a autora do crime já foi identificada, inclusive ela foi intimada para prestar depoimento mas não compareceu na delegacia.

A reportagem do G1 entrou em contato com a suspeita que não foi identificada através do telefone, contudo, ela não quis se pronunciar a respeito.

Já a família da vítima se diz chocada com tanta violência, a jovem está traumatizada e não quer mais sair de casa.

Vídeo

Nas imagens gravadas por uma amiga da motorista ciumenta que está no banco de trás do automóvel, é possivel ver a jovem extremamente constrangida, que tenta encobrir com suas mãos os seios e suas partes íntimas.

A mulher que está ao volante escracha a jovem durante todo o trajeto que ela faz pelas ruas de Barretos, com os vidros das janelas do carro abertos para que a suposta amante de seu marido pudesse ser vista nua por todos que circulavam pelas vias públicas.

Publicidade

A jovem parece que está em estado de choque, ela não tem nenhum tipo de reação, mesmo quando a mulher para o carro, pede a amiga para buscar uma lâmina de barbear e raspa a sobrancelha da vítima.

No vídeo é possível ouvir a mulher dizendo que o marido pode ficar com qualquer outra mulher, menos com a garota em questão, porque ela seria "tirada da favela". Em seguida ela completa, "dois tirados da favela não dá nada”.

O caso está sob responsabilidade da Delegacia de Defesa da Mulher de Barretos, o delegado afirmou que a suspeita pode responder por agressão, cárcere privado, #tortura e lesão corporal grave.

O vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Belisário Rosa Leite Neto, se manifestou sobre o caso depois de assistir ao vídeo, ele afirmou que as imagens são repugnantes, que o vídeo "chega a ser nojento, cruel". E que todas as medidas legais cabíveis devem ser tomadas a respeito deste caso.

Assista ao vídeo:

#Viral