Certamente a Copa do Mundo de 2014 ficou marcada na memória de milhões de brasileiros. Para alguns, nem sempre pelos melhores motivos, pois a lembrança daquele fatídico 7 x 1 do jogo contra a Alemanha marcou a ferro o coração dos mais aficionados e esperançosos de um título mundial da seleção canarinho em casa.

No entanto, muitas outras histórias paralelas e fora de campo acabaram sendo escritas, já que os milhões de turistas que vieram prestigiar suas seleções aqui no país também deixaram algumas marcas nos corações de alguns brasileiros.

Passados três anos, alguns casais, separados pelas torcidas naquela época, ou até por um oceano, deixaram a rivalidade do jogo e a distância de lado para construírem belas histórias de amor.

Publicidade
Publicidade

Roberta Ramalho, Júlia Menezes e Marcela dal Corso Silveira têm em comum o fato de serem gaúchas e de terem conhecido gringos que as levaram para outro continente.

Os australianos pintaram de laranja as ruas de Porto Alegre no jogo entre Austrália e Holanda. E foram três desses australianos que conquistaram o coração das moças cotadas citadas acima. Os jovens contaram um pouco de suas histórias numa matéria publicada no site do ZH, nesta sexta-feira (14). Confira alguns detalhes.

Marcela e Rowan

Eles se conheceram na badalada Cidade Baixa, bairro boêmio de Porto Alegre, em 17 de junho de 2014. No início do #romance, os dois alternavam as viagens e ficavam juntos por cerca de três meses, mas em setembro do ano passado, Marcela se mudou de vez para Sydney.

Publicidade

Passados três anos, o casal está de casamento marcado. A cerimônia será em setembro deste ano e terá que ser bilíngue - em inglês e português - para que nenhum convidado fique sem entender nada.

Júlia e Matt

Os dois se conheceram no Dublin, famoso pub de Porto Alegre. Júlia estava com um casal de amigos e ao lado de sua mesa, alguns australianos aproveitavam a noite porto-alegrense. Como os amigos dela já haviam morado na Austrália, começaram um bate-papo com os estrangeiros. Papo vai, papo vem, e Júlia e Matt acabaram ficando naquela noite. Depois do papo, dos beijos e de um reencontro via Facebook, os dois passaram a construir o relacionamento por ali mesmo. Matt já havia retornado para a terra natal, mas isso não fez com que perdessem contato.

Em 2015, Matt voltou para Porto Alegre, onde passou 3 semanas e se tornou hóspede de Júlia. Nessa época, já conquistou a sogra, os amigos de Júlia e aprendeu a tomar chimarrão.

Publicidade

Na despedida, a choradeira foi inevitável. Foi quando Matt decidiu que Júlia deveria ir com ele para a Austrália.

Julia se formou algumas semanas depois em Relações Públicas e depois disso decidiu ir para Sydney.

Os dois não moram juntos ainda, pois Matt ainda mora com os pais e está terminando a faculdade de Paisagismo. Depois disso, no próximo ano, os dois pretendem se casar.

Roberta e Travis

Roberta conheceu Travis no jogo da Austrália contra a Holanda, em Porto Alegre. Tendo ganhado um par de ingressos que o pai ganhara de um banco, o desejo de Roberta era ver o jogo da Argentina contra a Nigéria, pois queira muito conhecer o jogador Messi. Mas quis o destino que ela fosse parar em outro jogo e conhecer outra pessoa.

Os dois passaram a manter contato pelo Messenger e pelo Skype e, como Roberta tinha planos de viajar pela Tailândia e Vietnã, Travis fez questão de acompanhá-la. Os dois passaram 20 dias nas praias paradisíacas do sudeste asiático e se deram conta de que estavam apaixonados.

No ano passado, dois anos depois de conhecer o australiano, Roberta foi de vez para Melbourne, onde hoje trabalha na Anistia Internacional.

E você, tem alguma história daquela época para compartilhar conosco? Deixe seu comentário! #Copa do Mundo 2014 #gaúchas na Austrália