Publicidade
Publicidade

Infelizmente, a cada dia mais notícias envolvendo abusos sexuais na igreja vem à tona. Muitas pessoas já nem mesmo sabem como lidar com a situação. Na cidade de Arceburgo, localizada no estado de Minas Gerais, por exemplo, um padre estuprou a própria coroinha, uma garotinha de apenas 14 anos. O caso ganhou destaque no G1, após um vídeo do abuso sexual vir à tona. Nele, a menina aparece seminua e com o padre, um Monsenhor, em cima dela. O Monsenhor faz incentivos para que a garota o toque e manda que ele bote sua "linguinha" em sua boca. O vídeo chocou os fiéis e virou caso de polícia na região.

Vídeo mostra padre beijando e acariciando coroinha na igreja, em Minas Gerais

É bom lembrar que no Brasil para que um #Crime seja considerado estupro não é necessário que exista o sexo consumado, ou seja, que haja a penetração.

Publicidade

O vídeo do estupro do padre causou grande repercussão, mas mesmo assim ele permaneceu em silêncio, preferindo não se comunicar contra graves acusações. O Monsenhor agora está em um retiro espiritual, mas mesmo assim pode ter que pagar pelos seus pecados no mundo fora da igreja, já que o caso virou um inquérito.

Padre aparece estuprando garota de 14 anos em vídeo flagrado em igreja mineira

Segundo a polícia militar, a família da menina decidiu denunciar o caso a uma delegacia O último crime teria ocorrido ainda nessa semana, mas as investigações chegaram à conclusão que o abuso sexual contra a menor de idade já acontecia há diversos meses. Uma pessoa não identificada e que sabia dos crimes, colocou uma câmera de segurança para filmar tudo. O material acabou flagrando tudo e assustou muita gente.

Publicidade

Garota chegou a negar estupro, mas depois deu detalhes de como tudo aconteceu

A garota ficou com tanto medo das ações que chegou a negar os estupros. No entanto, ao conversar com a mãe, ela acabou dizendo como tudo ocorria e deu detalhes sobre os abusos. No vídeo, dá para ver claramente o que acontecia. O primeiro abuso sexual, segundo a menina, aconteceu pouco depois da missa. O padre sempre a acariciava, como o vídeo também mostra. Nas imagens, ele passa a mão no corpo dela.

Igreja afasta padre após vídeo de abuso e Polícia abre inquérito sobre o caso

A polícia agora está analisando a imagem, mas já informou, como mostra uma reportagem do G1, que abriu um inquérito sobre o assunto. A igreja, por sua vez, disse que o pároco está afastado das missas. O Conselho Tutelar da cidade informou que ainda não conseguiu se colocar totalmente a par da situação. #Investigação Criminal