O Brasil ficou perplexo com a notícia de que a estudante de Ciências Sociais, Bruna Borges, de apenas 19 anos, em uma transmissão ao vivo pelo #Instagram, tirou a própria vida. Não fosse essa tragédia terrível para a família, neste sábado 29, a notícia é que os pais da menina também foram encontrados mortos na garagem de sua residência em Rio Branco, no #Acre. Segundo relatos da Polícia Civil, Marcio Brito, 45, o pai , e a Claudineia Borges, 49, a mãe da garota, foram encontrados mortos no local e há a suspeita de que os dois tenham tirado suas próprias vidas, assim como fez a filha de 19 anos.

Pais de jovem que transmitiu a própria morte foram encontrados mortos e a suspeita é de suicídio

Os corpos dos pais de Bruna foram encontrados por volta das 14h desta tarde desta sexta, 28, por um parente da família que logo acionou a polícia.

Publicidade
Publicidade

A informação do Secretário da Polícia Civil do Acre, Josemar Portes, a cena do crime é muito característica de #Suicídio, sendo pouco provável que a morte tenha sido causada por um terceiro elemento. Como as investigações ainda estão no início, as duas hipóteses serão consideradas, de assassinato e suicídio. Josemar garantiu, entretanto: 'A hipótese de duplo homicídio é improvável, mas as investigações continuarão até a conclusão do inquérito, quando aí sim, teremos a certeza. A princípio trata-se mesmo de suicídio. Também não há nenhuma evidência de um terceiro elemento no local, nem que tenha cometido ou auxiliado no crime.', disse Josemar.

O policial também disse que o local do suicídio, é o mesmo lugar da casa, onde a filha tirou a própria vida. A polícia também disse que o casal deixou bilhetes no local da tragédia, mas não divulgou o conteúdo.

Publicidade

Ainda segundo Josemar, o casal já havia dado depoimento sobre o suicídio da filha e se mostrava, muito abalado: 'Os dois estavam em choque no momento do depoimento. Mesmo assim, não demonstraram nenhum indício que poderiam fazer o mesmo, mesmo que psicologicamente abalados. Não é simples de lidar com o caso', afirmou o Secretário Adjunto.

Os pais de Bruna moravam com a filha na mesma residência em Rio Branco, no Acre. Familiares de outros lugares viajam para seguir com as providências com os corpos.

Bruna transmitiu própria morte em rede social

Toda a história começa com o a tragédia desta quarta-feira, 26. Bruna Borges, filha do casal que se matou, começou uma transmissão ao vivo por seu Instagram e logo na sequência tirou a própria vida. A estudante de Ciências Sociais publicou minutos antes da transmissão para seus amigos no Facebook a pergunta se alguém já havia presenciado alguma morte por rede social.

Horas depois Bruna foi encontrada morta. Levantando o histórico de suas contas em redes sociais, sabe-se que ela se queixava de ter sido 'largada' e que foi traída por uma de suas melhores amigas.