A cada dia que passa, a discussão sobre assuntos como homofobia apenas aumenta na sociedade. Infelizmente, vivemos períodos difíceis e muitos homossexuais acabam sendo vítimas de crimes bárbaros. Boa parte dos grupos gays também não são aceitos em comunidades mais tradicionais, como acontece em igrejas. Por isso, muitos representantes do mundo LGBT estão criando suas próprias igrejas e ficando em cargos que, sem essa ação, nunca seriam tomados por eles, como o de pastor ou pastora. Nesta sexta-feira (7), um polêmico vídeo ganhou a internet. Ele mostra Alexandre Salvados fazendo um depoimento. O homem é considerado a "primeira pastora transexual" de toda América Latina.

Publicidade
Publicidade

Pastora Alexya garante que Deus também seria homossexual

O religioso é chamado de Alexya. Ele usa as redes sociais para fazer suas pregações. Alexya é muito respeitada na sua comunidade e diz que antes de ser uma pastora transexual pensou em ser padre. De acordo com ele, durante muito tempo, na dúvida sobre que caminho seguir, acabou frequentando muitos seminários. Através deles, conseguiu aprender coisas importantes, como vocação. Por não se sentir bem no próprio corpo, Alexya decidiu que ficar na igreja católica fazendo missas não seria o melhor caminho, pelo contrário. Ele disse que se sentia atraído por homens e não queria ficar com esse sentimento reprimido para todo o sempre. Dessa forma, o homem decidiu seguir no caminho da paz e das pregações.

Pastor homossexual cursou filosofia e alega que Jesus Cristo seria o primeiro transexual do mundo

Alexya revela que já cursou filosofia e que isso ajudou muito para entender que caminhos seguir.

Publicidade

Ele conta que foi muito difícil aceitar sua condição sexual, mas que foi necessário fazer esse esforço para chegar a uma conclusão de vida. Ele desistiu de ser padre por não poder viver um amor com outro homem. Após fazer isso, ele contou para a família que era homossexual e acabou surpreso com a resposta do pai. O homem disse que isso não era um problema, mas que se o visse vestido de mulher o mataria.

No vídeo divulgado nas redes sociais, o pastor conta que Deus se manifesta das mais diferentes maneiras e que por isso, ele seria também travesti. Segundo ele, Jesus amava a todos e teria sido o primeiro a nascer transexual. Alguns sites fizeram duras críticas ao que foi mostrado nas imagens. O vídeo está sendo usado, infelizmente, para atacar alguns gays.

Deixe o seu comentário. #Polêmica #Religião