O país vive tempos difíceis e a violência alcança números cada vez mais alarmantes. Ninguém está livre de sofrer com ataques de criminosos, e as políticas públicas de segurança parecem inertes ou ineficazes para combater o #Crime.

Na manhã desta segunda-feira, (10), um policial militar em ação durante o andamento de um grande esquema de assalto a banco foi alvejado e morto em frente à população na cidade de Santa Margarida, Zona da Mata, Minas Gerais.

Cerca de oito ladrões portando armamento pesado, inclusive fuzis tentaram assaltar as agências do Sicoob e do Banco do Brasil atirando contra as mesmas na tentativa de abrir os caixas eletrônicos, e acabaram entrando em confronto com vigilantes e com a Polícia Militar.

Publicidade
Publicidade

Na ação, dois vigilantes também foram alvejados e um deles, identificado como Leonardo José Mendes, recebeu atendimento, mas não resistiu e acabou falecendo. O outro vigilante foi levado ao hospital de Manhuaçu. Os dois trabalhavam da agência do Banco do Brasil.

Durante a fuga, duas pessoas foram levadas como reféns, mas liberadas nos limites da cidade.

O cabo Marcos Marques da Silva tinha 37 anos. No momento que recebeu o tiro, ele estava tentando se proteger atrás de uma parede, mas não tinha total visibilidade da posição dos criminosos.

No vídeo gravado pela população local, é possível ver que outro #PM entra na rua em que Marcos estava com a viatura, de ré, tentando também sair da mira dos bandidos.

Mas Marcos volta para a beira da esquina e é surpreendido pela chegada da picape com os assaltantes, que atiram na direção dos PMs e acabam acertando Marcos na cabeça.

Publicidade

Ele cai no chão e parece que os bandidos fogem. A população grita lamentando a morte de Marcos e pede ajuda.

No vídeo gravado em dois locais diferentes, é possível ver a movimentação dos bandidos ainda dentro da picape antes de balear Marcos. Logo em seguida, eles arrancam e vão em direção do PM. Segundo as autoridades locais, os dois PMs eram os únicos na cidade enquanto acontecia a tentativa de assalto. Os terminais locais ficaram totalmente destruídos.

Segundo a Polícia Militar de Minas Gerais, os criminosos estão sendo rastreados, eles abandonaram a caminhonete Toro no córrego São Paulo que fica na cidade de São José do Manhuaçu, também na região da Zona da Mata.

E no início da tarde, três suspeitos foram presos, e com eles foram apreendidas uma submetralhadora, três armas calibre 12, dois coletes a prova de balas, e várias munições.

#assassinato