Um vídeo encontrado apenas 4 dias após o trágico acidente de #Helicóptero que matou a #noiva Rosemeire Nascimento da Silva, foi encontrado e pode fazer parte das investigações a respeito do acidente.

As filmagens foram feitas no interior da aeronave pela fotógrafa Nayla Cristina Neves Lousada, que também morreu no acidente, e estava grávida de 6 meses. O acidente aconteceu em dezembro de 2016, poucos dias depois do país assistir, atônito, a queda do avião da Chapecoense, que matou 71 pessoas.

Decidida a surpreender o marido no dia da cerimônia, Rosemeire optou por chegar de helicóptero em seu casamento, mas a queda do mesmo interrompeu o sonho da jovem.

Publicidade
Publicidade

Dentro do helicóptero, além da moça e de sua fotógrafa gestante, estava também o seu irmão Silvano Nascimento da Silva e o piloto Peterson Pinheiro. Nenhum dos passageiros sobreviveu à queda, e o que seria um dia de celebração para a família tornou-se luto.

Irmão encontrou o vídeo do momento exato em que o helicóptero começa a cair

Poucos dias depois do acidente, outro irmão da noiva voltou ao local da queda para procurar pertences de sua família. Ele então encontrou o arquivo com o vídeo feito pela fotógrafa, e entregou as autoridades.

Nas cenas, é possível ver que Rosemeire e o irmão Silvano começam a ficar assustados com a turbulência. Eles se dão as mãos, enquanto a fotógrafa filma e tenta descontrair a situação.

De repente uma forte movimentação acontece, e todos começam a gritar pelo piloto, enquanto, aparentemente, o veículo gira até encontrar o chão.

Publicidade

Imagens podem apontar erro do piloto.

A família de Rosemeire está movendo uma ação contra a empresa que forneceu o helicóptero para a ocasião, e os advogados representantes afirmam que as imagens obtidas no vídeo apontam graves erros cometidos pelo piloto na ocasião.

A empresa responsável pelo helicóptero, HCS, preferiu não se manifestar a respeito das imagens.

Uma outra empresa teria envolvimento no caso. A Voenext intermediou o voo que levava a noiva e o irmão, mas respondeu dizendo que não é sua responsabilidade analisar as provas técnicas.

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) abriu investigação para analisar a conduta das duas empresas no momento do acidente.

O acidente chocou o país poucos dias depois de outra grande tragédia aérea

O acidente que matou Rosemeire aconteceu na Serra paulistana poucos dias depois de o Brasil chorar a tragédia ocorrida na Colômbia com o avião que carregava a equipe da Chapecoense.

O time viajava para disputar a o primeiro jogo que poderia levá-lo a final da Copa Sul-Americana. A tragédia causou grande comoção em todo o mundo, e muitos clubes internacionais prestaram suas homenagens aos jogadores mortos no acidente.

O time foi declarado campeão da competição após uma conferência realizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol. A equipe do Atlético Nacional, time que esperava os brasileiros para a disputa em campo, já havia se manifestado dizendo que o título deveria ficar para o time devastado.

#Morte