Marcia Friggi, professora municipal em #Santa Catarina, utilizou sua página no Facebook para denunciar uma agressão que sofreu nesta última segunda-feira (21), por um aluno de 15 anos, no município de Indaial. Ela teria pedido para que o aluno colocasse o livro sobre a mesa, porém o adolescente se recusou a obedecê-la. Ela então pediu que o mesmo se retirasse da sala.

Minutos depois, ambos foram a sala da diretoria da escola e lá teria ocorrido a agressão física. Segundo relatos da professora, o adolescente negou tê-la ofendido e, não conformado, partiu para cima da professora com socos. Após as agressões, Marcia postou em sua página social fotos que comprovam as agressões, mostrando um corte sobre um dos supercílios.

Publicidade
Publicidade

Além de ficar com um hematoma, a professora também sangrou pelo nariz.

A professora desabafou sobre o ocorrido e relatou também agressões verbais sofridas pelo aluno. Ela também usou a ocasião para criticar a falta de amparo dos governos em relação à profissão. "Estou despedaçada, sei que não sou a única e com certeza não serei a última. Sofri com agressões verbais e vi também meus colegas sofrerem [VIDEO]. Me sinto totalmente desamparada, assim como sei que nós professores no geral também estamos. Os governos, há anos, vêm nos desamparando", desabafou Marcia.

Segundo o delegado José Klock, que recebeu a professora no momento que ela foi registrar o boletim de ocorrência, não havia nenhuma ocorrência criminal anterior contra o jovem. "Fizemos tudo conforme determina a lei, após o registro do B.O, encaminhamos a professora para fazer uma perícia, juntamente com o exame de corpo de delito", afirmou.

Publicidade

Ainda segundo o delegado, o adolescente será intimado, juntamente com algumas testemunhas para depor. O portal de notícias da Globo divulgou que a Gerência de Educação (Gered) da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Timbó divulgou uma nota lamentando todo o ocorrido e informando que todo o caso será acompanhado até as conclusões finais.

Já a Secretaria Municipal de Indaial anunciou uma nota repudiando a atitude do aluno [VIDEO] e afirmou que é contra toda e qualquer agressão física ou moral, independentemente do que a tenha motivado. Também reforçou que vai acompanhar todos os fatos e que permanecerá sempre dando o apoio necessário para a professora.

Sabemos que esse não é o primeiro caso nacional que ganha repercussão, mas e você, qual a sua opinião sobre o ocorrido? Deixe seu comentário logo abaixo.

#professora agredida #aluno da soco em professora