Publicidade
Publicidade

Recentemente, um caso ganhou grande repercussão em todo o Brasil e abriu uma verdadeira discussão sobre o poder e o uso da internet. Uma mulher decidiu bisbilhotar o celular do marido e, no aparelho, acabou descobrindo mensagens verdadeiramente picantes. Uma outra moça estava mandando o conteúdo para o homem dela e não pedia nada além de sexo. "Não estou pedindo para você largar sua mulher, só que a gente pode se divertir um pouquinho", dizia a mensagem surpreendente da outra.

Mulher flagra traição pelo WhatsApp e divulga print em panfletos nas ruas do Paraná

O caso aconteceu nas ruas do Paraná, mas teve repercussão em todo o país.

Publicidade

A traída pegou as mensagens do marido e não gostou nada do que viu. Em seguida, ela, simplesmente, decidiu espalhar panfletos pela #cidade falando sobre a traição na web. Agora, como mostra uma matéria do portal de notícias R7, o caso ganhou um novo episódio e a amante não gostou nada do fato de ver seu nome exposto em uma polêmica como essa.

Amante anuncia que processará 'oficial' após ter print de traição divulgado em panfletos

A mulher que foi exposta anunciou agora que vai processar mesmo a rival e que não consegue nem mesmo sair pelas ruas do município de Apucarana, que fica no Norte do Paraná. A traída descobriu o caso extraconjugal online do marido ao mexer no celular dele. Ao encontrar as provas no WhatsApp, ela decidiu divulgar o conteúdo para todo mundo. A situação criou diversos problemas.

Publicidade

Mulher traída contrata até carro de som para mostrar prova da traição entre marido e sua amante no Paraná

Revoltada, a mulher que foi passada para trás chegou até a contratar um carro de som para fazer o trabalho de divulgação do "crime" de seu marido. Muitas folhas mostrando a conversinha caliente dos dois foram divulgadas. Sem limites, a traída, que não teve o nome revelado, chegou até mesmo a fazer divulgação no emprego da rival. Ela não ficou nada feliz com os acontecimentos.

'Estou abalada', diz amante após traição ser exposta em panfletos no Paraná

Em entrevista, a amante, que também não quer revelar o seu nome, disse que é estudante de direito e que está muito abalada com tudo o que aconteceu. Ela contou que até mesmo parou de estudar. Após ver o seu nome na polêmica, ela decidiu abrir um boletim de ocorrência contra a oficial e espera que agora a polícia possa ser capaz de resolver tudo. A Polícia Civil já avisou que a pendência amorosa não é com ela, mas que encaminhou o caso para o juizado da região. #Amante