Circula pela internet um vídeo no qual o apóstolo Agenor Duque, da Igreja Plenitude do Trono de Deus, faz uma série de ironias e deboches à imagem de #Nossa Senhora de Aparecida e dos santos #católicos, durante um culto em sua igreja.

Para ironizar e tentar disfarçar a quem está se referindo, o apóstolo usa uma garrafa de Coca-Cola média e diz “Talvez aí na sua casa, em cima da televisão tem (...) uma deusa ou um santo parecido com essa garrafa. Até a cor é parecida (se referindo ao fato da imagem de Nossa Senhora de Aparecida ser negra). Para tentar escapar das críticas, ele diz em tom de ironia: “Mas é uma Coca, calma.

Publicidade
Publicidade

Depois vão dizer que eu estava falando mal da sua santa”.

Continuando com as declarações ofensivas ele afirma: ”Ela não pode ajudar nem ela, pois nem o pó da cara dela ela pode tirar(...) A boca dela não fala, o ouvido não ouve".

Com a garrafa de Coca-Cola na mão, ele segue com as provocações, dizendo que é para tirá-la do pedestal que a pessoa tem em casa e que se ela cair ao chão (nesse momento ele atira a garrafa ao chão) não se levantará: “Desafio Ela a levantar. Estou falando da Coca, mas você sabem de quem estou falando”, afirma apontando para a tela, na sequência, empurra a garrafa com o pé e volta a dizer: “Tire ela daí, tire esse cavalo que está aí, com esse homem que está em cima (numa menção clara a São Jorge) e aceita Jesus Cristo como Senhor salvador”.

Católicos e outros religiosos se revoltam com vídeo

Milhares de católicos que assistiram ao vídeo ficaram indignados e protestaram nas redes sociais e nos fóruns.

Publicidade

“O ódio desse herege à Nossa Senhora apenas mostra a qual descendência ele pertence”, postou um internauta no YouTube. “Além de herege é covarde. Fala mal de Nossa Senhora e usa uma Coca-Cola como desculpa”, afirmou outro.

Internautas de diversas religiões também demonstraram repúdio à provocação religiosa. Um internauta afirmou: ”Sou cristão, Batista, porém não concordo, achei muito desnecessário os comentários desse pastor, cada um tem a sua fé e devemos respeitar isso.''

Em 1994, um pastor chutou uma imagem de Nossa Senhora de Aparecida

Em 12 outubro de 1994, em pleno dia da padroeira do Brasil, o bispo Sérgio Von Helde, da #Igreja Universal do Reino de Deus, apareceu em um programa da Rede Record, ao lado de uma imagem de Nossa Senhora de Aparecida, além de ofender a santa, ele deu chutes na imagem. O caso ganhou enorme repercussão em todo país, e o bispo acabou tendo que ir morar no Estados Unidos.