Um triste crime chocou a cidade de Goiânia, na tarde desta quarta-feira (23), quando a jovem Tamires, de 14 anos, foi morta [VIDEO] cruelmente por seu vizinho e colega de escola, de apenas 13 anos. O crime ocorreu no prédio em que os adolescentes moravam.

O assassinato ocorreu por volta das 13 horas, após os adolescentes se encontrarem no elevador, no momento em que saíam para estudar. O menino puxou a jovem para as escadas de incêndio do prédio e matou-a usando uma faca. O crime ocorreu no 5º andar, mesmo andar em que a jovem morava com sua família. Mesmo levando 10 facadas no tórax, pescoço e braço, ninguém ouviu a fatalidade para que pudesse socorrê-la.

Publicidade
Publicidade

Após cometer o crime hediondo, o jovem seguiu para a escola, que fica nas proximidades do prédio, e chegando lá todo ensanguentado e com a arma usada no crime, ele procurou o coordenador da escola tremendo e relatou que tinha esfaqueado uma pessoa em seu prédio e que era para o mesmo chamar uma ambulância.

A diretoria da escola logo se dirigiu ao prédio para socorrer a estudante, mas já encontraram a adolescente sem vida. A Polícia também foi acionada e apreendeu o garoto e a faca que ele havia entregado para o coordenador. Apesar de o crime ter ocorrido no andar em que a jovem morava, sua mãe que estava em casa não ouviu nada e qual não foi sua surpresa quando batem na sua porta pedindo ajuda e ela se depara com sua filha [VIDEO]morta nas escadarias.

Segundo o capitão foi uma ocorrência traumatizante, a mãe da jovem entrou em estado de choque, passou mal e precisou ser socorrida ao hospital.

Publicidade

Ainda não se sabe exatamente a motivação do crime, mas segundo um colega do garoto, ele havia recebido a ordem de matar uma pessoa por causa do jogo #Baleia Azul, jogo esse que se baseia em desafios onde os jogadores tem que se mutilar e praticar atividades que culminam com o suicídio.

Tamires era estudante do 9º ano e o seu assassino estudava no 7º ano, no turno da tarde. Todos na escola estão em luto e abismados com o crime hediondo cometido pelo estudante contra sua colega de escola e vizinha. Segundo o coordenador, Tamires era ótima aluna e tirava notas somente acima de 9.

Segundo amigas da jovem, ela era muito querida por todos, educada, inteligente e estudiosa e estava sempre com um sorriso no rosto. Eles estão abalados com a morte da estudante e dizem que ela nunca faria mal a ninguém. Já o jovem era visto como um menino tímido, mais calado, que ficava só na dele e sozinho, na maioria das vezes ouvindo música. #goiania #Caso de polícia