Um estupro virou notícia em um enorme desabafo feito no Facebook. Um homem, identificado como Mateus Henrique da Silva, foi abusado sexualmente na manhã do último domingo (20). Ele, que é educador, fez questão de dividir tudo o que aconteceu em uma mensagem publicada nas redes sociais. Estudando biologia, o rapaz estava em uma caminhada pelas ruas de Uberaba, em Minas Gerais, quando foi parado por homem de carro, que estava armado.

Motorista de carro estupra rapaz em Uberaba: 'Você salvou uma mulher'

Ao final do estupro, segundo Mateus, o motorista chegou a afirmar que ele teria salvo a vida de uma mulher. O criminoso ainda é procurado pela polícia e até esta terça-feira (22), quando o assunto ganhou o site G1, ele ainda não havia sido localizado.

Publicidade
Publicidade

O rapaz registrou o crime na Polícia Militar e agora a Polícia Civil deve registrar uma investigação. A polícia revelou que o rapaz foi encontrado por volta de meio dia com as mãos e pés amarrados em uma estrada. Ele estava apenas de calça e com muitos ferimento. Os policiais disseram no boletim que o jovem estava extremamente abalado.

Estuprador usou pedras, paus e até arame farpado para realizar abuso sexual em rapaz de MG

O jovem foi extremamente violentado, como conta em seu relato. Ele foi violentado sexualmente com paus, pedras e arame farpado. Tudo demorou horas. O estuprador estava com uma arma na cabeça e disse que a juventude estava corrompida e que, por isso, estava realizando o ato bárbaro. Mateus disse que ou seguia o que o homem mandava ou era morto. Ele diz que sempre defendeu uma educação contra o estupro e que o homem apenas queria fazer sua vítima sofrer e não ter prazer sexual.

Publicidade

Estuprador diz que juventude está corrompida: 'Se fosse mulher, a mataria'

O abusador ainda revelou que fez tudo isso porque a juventude está perdida e que, caso encontrasse uma menina na rua, a mataria. Ele ainda deu parabéns pelo fato do jovem ter, segundo ele, salvo uma mulher. Pelo menos 20 pessoas teriam passado por Mateus e se negado a prestar socorro antes que um mototaxista tivesse se disposto a chamar a polícia. Mesmo com a polícia tendo atendido o telefonema, o rapaz foi largado à sorte no local.

Mateus diz ainda no relato que uma pessoa até teria rido dele e que até a polícia estaria despreparada para lidar com o caso, visto como inusitado.

Veja abaixo a publicação feita pelo rapaz abusado, que ganhou a internet. Nas redes sociais, ele recebeu apoio.

#Rapaz estuprado #Abuso no sexo