Publicidade
Publicidade

Recentemente, um caso acabou ganhando grande repercussão em todo o mundo. Pamela Ribeiro, uma simples atendente de supermercado, inventou uma mentira escandalosa com um único intuito, enganar o ex-companheiro, Vitor Sedassare. Ela inventou que estava grávida, que teve a criança e até que ela estava a completar um ano, com direito a festa e tudo. No dia da festa, Pamela mandou três homens irem na casa de um casal e roubarem uma criança. Ela disse que tinha dado o bebê para a família criar. A mãe, é claro, ficou desesperada.

Mulher inventa gravidez e faz até festa de aniversário para bebê que nunca existiu

Emily, mãe da garota que quase foi sequestrada para fazer o papel de filha de Pamela, conversou com a TV Globo e contou como foi o dia que ela ajudou a polícia a acabar com a mentira da mulher.

Publicidade

Até mesmo a mãe de Pamela teria sido enganada pela filha e sugerido que Pâmela fizesse um exame de DNA para comprovar que ela é mesmo mãe da menininha. "Ela é muito louca, parece até filme, se a gente conta, não dá nem para acreditar", desabafou Emily.

Pais de bebê desabafam sobre falsa grávida: 'Ela já acreditava em sua própria mentira'

O caso aconteceu na cidade de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo. Pâmela hoje acredita que realmente tinha algum problema mental e que até ela mesma já estava acreditando em sua mentira e, por isso, como toda mãe, fazia planos para a filha. Para cada pessoa, Pamela contou uma mentira. Para sua mãe, por exemplo, a mulher que fingiu a gravidez disse que a menina nasceu com um problema de coração e que, por isso, não poderia ser visitada.

Pais de bebê que quase foi sequestrado por falsa grávida diz que ela se apaixonou por criança em rede social

Emily disse que não era amiga de Pamela.

Publicidade

As duas tinham uma amiga comum pelo Facebook e começaram a se comunicar nas redes sociais. Por meio do mundo online, ela falou que o seu bebê estava internado e que estava triste. Logo, Pamela convenceu a mãe do bebê de verdade de levá-la à sua casa. Ela até pediu que a mãe da criança tirasse uma foto com ela. Mais tarde, ela já postaria a imagem como se o bebê fosse dela.

Mãe da falsa grávida diz que também foi enganada

Agora, os advogados de Emily têm a tese de que a mulher estava passando por tratamento psiquiátrico desde o início desse ano e que a família dela sabia disso. Os advogados da família da #falsa grávida negam e revelam que a mãe de Pamela também foi enganada pela própria filha e que agora está cuidando do psicológico dela. #Bebês