Alguns crimes podem ser realmente surpreendentes ao falarmos sobre a maneira como eles acontecem. Nesta sexta-feira (4), por exemplo, um homem acabou sendo preso na cidade de Teresina, capital do Piauí.

De acordo com a #Polícia, o homem estuprava uma jovem através da internet. Apesar de estranha, a modalidade do "estupro virtual" é prevista na legislação brasileira. Mas como isso é possível? A polícia local deu detalhes sobre o crime e surpreende ao revelar como ele aconteceu.

Homem é preso acusado de estuprar moça através do computador em Teresina

Tudo começou quando o autor começou a incentivar sua vítima a realizar ações libidinosas a ameaçando.

Publicidade
Publicidade

Ele também fazia chantagens com a vítima. O estuprador da internet ainda fez questão de filmar a moça dormindo pelo computador e ficava a mandando fazer coisas absurdas através das teclas do computador.

O acusado também teria ameaçado divulgar o conteúdo através da web. A mulher era obrigada a mostrar os seus momentos íntimos através de muitos arquivos, como fotos dela completamente nua.

'Ela foi muito explorada', diz polícia ao falar de moça estuprada via internet

A polícia revelou que o crime cometido pelo abusador não é tão comum no Brasil e que na legislação não aparece exatamente assim, mas que está sim previsto pelo artigo 213 do Código Penal brasileiro. Por isso, o abusador acabou sendo preso. Ele é acusado de forçar sua vítima a realizar ações de cunho sexual sem a menor vontade dela.

Publicidade

A mulher também teria sido ameaçada por meio de violência virtual e todo o horror que ela sofreu está catalogado em provas que foram parar no mundo virtual.

Estuprador obrigava vítima a mandar fotos íntimas e fazer atos sexuais em vídeos online

A polícia explica ainda que o abusador teria criado uma conta falsa na internet e, nela, pedia que a mulher enviasse todos os tipos de conteúdo sexuais. Muitas das imagens mostravam uma nudez total da moça.

Outras exibiam a mulher em vídeos sexuais. A polícia, no entanto, como mostra uma reportagem do G1 sobre o caso, ainda não esclareceu qual a relação entre vítima e suspeito neste caso. Pen drives e um computador foram apreendidos com o homem. O material deve ser periciado.

Estupro coletivo marcou Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016

Não é de hoje que crimes de abuso sexual chamam a atenção de toda a mídia. No ano passado, pouco antes das Olimpíadas do Rio de Janeiro, uma menina de 16 anos foi estuprada por mais de 30 homens em uma comunidade carioca. #investigação