Um casa, localizada na Rua Pardais esquina com a Rua Piava, no loteamento Thiago, no bairro Efapi em Chapecó (SC), pegou fogo por volta do 12h30 desta segunda-feira (7). Os moradores da casa, um casal e o filho, estavam na sala e afirmam que o fogo começou no quarto do casal. Assim que perceberam, saíram da casa e procuraram ajuda dos vizinhos para salvar o que fosse possível.

Com a ajuda, foi possível retirar alguns móveis da casa. Alguns populares tentaram controlar o fogo, sem sucesso, pois não havia água suficiente. A casa de dois andares foi totalmente destruída pelo incêndio. Ela havia sido reformada há três meses.

Publicidade
Publicidade

O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local para controlar o incêndio. A preocupação era que casas próximas também fossem atingidas. Depois de mais de 20 minutos, o fogo foi controlado. A casa ficou totalmente destruída. Os proprietários precisaram ser socorridos no local, pois estavam em choque.

Ao chegarem ao local, os bombeiros isolaram a área para combater as chamas e afastar o alvoroço de pessoas. Os prejuízos ainda não foram contabilizados. O casal e o filho ficarão na casa de parentes até que a situação seja esclarecida pela perícia. As causas estão sendo apuradas, mas ao que tudo indica o incêndio não foi criminoso. Ninguém ficou ferido.

Descaso no atendimento

Para melhor atender a região, no dia 17 de julho foi inaugurado o posto avançado dos bombeiros. O posto fica localizado na Avenida Atílio Fontana, próximo à BRF.

Publicidade

A base havia sido desativada em 2014 para obras no local. Apesar de ser próximo do local do incêndio, o atendimento demorou mais de 15 minutos para chegar.

Segundo levantamento, 40% das ocorrências atendidas pelo Corpo de Bombeiros em Chapecó são na Efapi. Porém, o posto ainda não possui um caminhão de combate a incêndio. Ele conta com bombeiros comunitários, militares, brigadistas da Aurora Alimentos e brigadistas cedidos pela Prefeitura de Chapecó. Funciona todos os dias das 8 horas da manhã até as 20 horas.

Parte do fogo foi controlado pelos populares que chegaram ao local, pois, apesar das dezenas de ligações ao Corpo de Bombeiros, o atendimento não chegava. No local estavam reunidas mais de 100 pessoas. A fumaça podia ser vista a quilômetros de distância.

No local, os populares estavam reunidos e quatro equipes de reportagem estavam. Em 15 minutos, o fogo estava tomando conta da casa, mas até este momento o Corpo de Bombeiros não havia chegado. Foram os populares que impediram que o fogo atingisse outras residências próximas. #descaso #CorpodeBombeiros #chapeco