Um dos casos que mais repercutiram em todo o país [VIDEO] recentemente foi o do jovem que sumiu no #Acre. Bruno Borges ficou conhecido como ‘’O Menino do Acre’’. Ele desapareceu em meio à muitas teorias da conspiração, que envolvem até suposta abdução por extraterrestres.

Nesta segunda-feira (7), no entanto, o nome de Bruno voltou a ficar falado na mídia, mas o motivo é bastante polêmico. Isso porque, ao mesmo tempo em que sua família jura não ter a menor ideia sobre o seu paradeiro, o primeiro dos 14 livros dele, que falam um pouco sobre sua filosofia foi lançado.

Livro do 'Menino do Acre' que desapareceu já está entre os mais vendidos e ele está ganhando muito dinheiro

Antes de desaparecer, o jovem e um amigo assinaram um acordo comercial, dividindo parte das receitas que seriam geradas com a venda do livro.

Publicidade
Publicidade

O acordo foi, inclusive, confirmado em assinaturas de cartório.

Por isso, a polícia acredita que tudo seja planejado e que não passe de um grande golpe de marketing. O primeiro livro do jovem desaparecido, graças à tantas reportagens sobre ele na internet, ficou entre os 20 mais vendidos de todo o Brasil. Com isso, ele tem ganhado muito dinheiro, mesmo até que muita gente sequer imagine onde o jovem está nesse momento.

Menino do Acre que desapareceu provoca polêmica com lançamento de livro super vendido

De acordo com informações do portal de notícias R7, o livro ‘’TAC: Teoria da Absorção do Conhecimento’’ está entre os 20 mais vendidos do país na semana entre 24 e 30 de julho, pouco antes de ser lançado. A informação foi dada pelo site especializado no gênero, o ‘’Publish News’’.

O livro está na categoria não-ficção e poderia até estar na posição dos 5 mais vendidos, não fosse um detalhe.

Publicidade

Ele vendeu tanto que não havia mais cópias. Isso porque, inicialmente, a editora fez uma tiragem de 20 mil exemplares, talvez não acreditando em todo o sucesso que a publicação fosse ter.

'TAC: Teoria da Absorção do Conhecimento' é todo escrito em códigos

A parte positiva é que são 14 volumes. Ou seja, mesmo que não seja feita uma nova edição, o que é bem improvável, mantendo o ritmo de venda, seriam mais de 280 mil livros vendidos. O mais curioso é que ele é todo escrito em códigos e essa é a graça de quem compra, tentar adivinhar o que está escrito nele.

A publicação está sendo vendida online por R$ 24,90. No geral, o autor ganha pelo menos 10% do valor da venda. Ou seja, R$ 2,49. Nessa meta, o rapaz desaparecido e o seu parceiro já receberam cerca de R$ 50 mil em média. Uma boa meta para quem nem está trabalhando e sumido. #Jovem do Acre