O índice de assassinatos no Brasil tem crescido a cada ano e é maior que em países que se encontram em guerra. Só no ano de 2015, foi registrada uma média de 170 casos por dia, o que provoca grande preocupação na população, que se sente desprotegida com a falta de segurança nas cidades brasileiras.

Infelizmente, alguns casos de homicídio provêm de pessoas próximas, como parentes e amigos, causando ainda mais preocupação. Na tarde do último domingo, quando foi comemorado o Dia dos Pais, uma jovem foi assassinada pelo próprio pai dentro de casa.

O caso aconteceu pouco tempo depois que Victoria Corrêa, de 18 anos de idade, publicou em seu Facebook uma mensagem em homenagem a seu pai, Ronaldo da Silva Corrêa, de 49 anos.

Publicidade
Publicidade

"Feliz Dia dos Pais, meu negão", escreveu a garota. De acordo com informações fornecidas pela #Polícia que atendeu ao caso, o homem, que trabalhava como agente penitenciário, disparou tiros contra a esposa, Rosicleia da Silva, de 46 anos, contra a filha e em seguida cometeu suicídio [VIDEO].

Além de Victória, o casal tinha ainda outro filho, de 5 anos, que presenciou toda a cena e correu para a rua a fim de conseguir ajuda. Ele foi até os vizinhos e estes o acolheram e chamaram a polícia, que chegou rapidamente à casa da família. O crime aconteceu na cidade de Guaraci, no estado de São Paulo.

Quando os policiais chegaram ao lugar onde ocorreu a tragédia, a jovem e sua mãe já estavam sem vida, mas o pai de Victória ainda apresentava sinais vitais e foi levado para um hospital da cidade. Ele chegou a ser atendido, porém não resistiu aos ferimentos causados pela bala e morreu ainda no hospital.

Publicidade

O corpo do agente penitenciário foi levado para o Instituto Médico Legal da cidade de Barretos para exames.

Os vizinhos ficaram muito abalados quando souberam da notícia, pois não desconfiavam que Ronaldo seria capaz de tamanha barbaridade. "O agente era educado e a mulher muito brincalhona e alegre", disse Luciama Bastres, uma vizinha do casal em entrevista.

A polícia não soube informar o que poderia ter motivado Ronaldo a cometer um crime tão terrível contra sua família, mas está prosseguindo com as #Investigações para conseguir informações relevantes a fim de solucionar o caso. O filho do casal não sofreu ferimentos e está sob custódia de parentes até que a Justiça tome decisão sobre sua guarda. O velório de Rosicléia e Victória ficou marcado para esta segunda-feira (14), em Guaraci. #moça