Mais uma triste notícia envolvendo #depressão e suicídio está causando grande comoção nas redes sociais.

A jovem Patrícia Santiago, de 26 anos, tirou a própria vida e deixou uma longa carta aberta em sua conta na rede social #Facebook, minutos antes de cometer o desesperado ato do suicídio.

A empresária era dona de uma loja na cidade de Canoas, região metropolitana de Porto Alegre no Rio Grande do Sul.

Por volta das 15 horas da tarde da última segunda feira, (14), Patrícia fez uma publicação [VIDEO] de despedida e explicando os motivos pelos quais ela resolveu tirar atentar contra si mesma, e cerca de uma hora depois, seu corpo foi encontrado já sem vida na sua residência no bairro Moinhos de Vento.

Publicidade
Publicidade

Na carta, a empresária alega que uma arquiteta que teria elaborado o projeto de sua loja e o dono da loja de móveis projetados foram os “responsáveis” pela sua morte, pois eles teriam entregado algo que ela teria odiado, e que mesmo com todas as suas tentativas de resolver a questão do projeto, os dois insistiam que era o que ela iria receber, pois estaria dentro do combinado entre eles.

Ela diz que sempre foi uma pessoa alegre e feliz, mas que sua vida teria acabado no dia em que ela começou a ver o sonho de sua loja perfeita indo por água abaixo, por conta de um projeto mal elaborado e um serviço mal feito.

Mas ela salienta também o real motivo de sua partida, “Depressão não é brincadeira”, disse a jovem em sua carta de despedida.

E no caso dela, assim como tantas outras pessoas, essa doença que tem matado muitas outras pessoas, infelizmente não foi detectada a tempo.

Publicidade

No relato de Patrícia, ela afirma que já não sentia vontade de viver, não se alimentava direito, não dormia e sua única vontade era de chorar muito. Os pensamentos de morte e tristeza profunda eram constantes. Ela acreditava que ao fazer isso seria recebida por Deus e anjos que iriam acalmá-la.

O ato desesperado de Patrícia que era uma jovem e bela mulher é só mais um caso de depressão não tratada. Esta doença esta cada vez mais presente na sociedade devido à vida cada vez mais dinâmica e estressante do mundo moderno.

A polícia vai abrir inquérito para investigar as causas da morte, mas uma perícia preliminar aponta que Patrícia veio a óbito por enforcamento causado por ela mesma.

Ela deixou uma despedida emocionada a mãe e ao marido a quem ela disse amar eternamente, e também mencionou outros familiares e amigos.

A delegacia [VIDEO] de Homicídios de Canoas ficará responsável pelo caso.

O corpo de Patrícia esta será enterrado na cidade de Alvorada/RS.