Publicidade
Publicidade

O índice de mortes em acidentes de trânsito tem mostrado números altíssimos a cada ano. Há vários fatores que culminam para esse resultado, como a embriaguez, a falta de atenção ao volante, desobediência às leis de trânsito e tentativas de ultrapassem indevidas.

De acordo com dados divulgados em abril pelo Departamento Estadual de Trânsito, só no primeiro semestre deste ano, nove ciclistas morreram em decorrência de acidentes nas ruas do Brasil. Informações relatadas pelo site G1 em março de 2017, afirmam que, em média, de 32 pessoas que andam de bicicleta são internadas por dia por acidentes de trânsito. Na última sexta-feira (18), outro acidente envolvendo ciclista foi registrado.

Publicidade

A vítima, um adolescente de 14 anos que voltava da escola, andava de bicicleta quando foi surpreendido por um veículo, com o qual colidiu.

O rapaz estava com um colega na hora do acidente, que vinha um pouco à frente. Ele andava tranquilamente quando decidiu empinar a bicicleta, não se importando com o trânsito da rua. O jovem atravessou a via sem olhar para trás e a condutora do veículo não conseguiu frear a tempo. O adolescente foi arremessado com o impacto da pancada e bateu a cabeça do meio fio da via.

O #Caso aconteceu da cidade de Campo Novo do Parecis, estado do Mato Grosso. A pessoa que dirigia o carro saiu do veículo junto com os passageiros para prestar socorro ao menino. O Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) foi chamado para levar o rapaz à unidade de atendimento da cidade e diagnosticado com traumatismo craniano.

Publicidade

Ele foi transferido para um hospital da cidade de Tangará da Serra, onde foi atendido, mas não conseguiu reagir aos procedimentos realizados. O menino não resistiu e teve morte cerebral constatada neste domingo (20).

A #Polícia está investigando o caso para saber se a motorista teve culpa no acidente e se estava dirigindo dentro dos limites de velocidade da via, que era de 40 km/h. Ela ficou em pânico com a morte e não conseguiu prestar depoimento no dia do acidente, mas foi intimada para ir à delegacia na segunda-feira (21). O outro adolescente que voltava da escola com a vítima também vai prestar depoimento sobre o ocorrido para a polícia, que busca obter informações suficiente para encerrar o caso.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Adil Pinheiro de Paula, as imagens gravadas pela câmera de segurança será avaliada pelos peritos para continuar o andamento do inquérito e saber se o acidente aconteceu por culpa da vítima ou da condutora do veículo. #vitima