Capital federal, Brasília recebe nesta quinta-feira o tradicional desfile de #7 de setembro. Montada na Esplanada dos Ministérios, a estrutura onde o desfile será realizado tem capacidade para até 30 mil pessoas. Conhecido como #Dia da Independência, o feriado nacional marca os 195 anos da independência do Brasil, que deixou de ser uma colônia de Portugal em 1822.

Com início programado para às 9h, o desfile deste ano terá como tema “Viva sua Independência” e terá atrações como desfiles de frotas militares e apresentação da Esquadrilha da Fumaça. O desfile será acompanhado pelo presidente #Michel Temer (PMDB) e por seus principais ministros.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações da Agência Brasil, o desfile de 2017 teve um custo de 787.500,00 e contará com a participaçã de 4,2 pessoas, entre civis e militares.

Segundo reportagem noticiada pela Agência O Globo na última segunda-feira, dia 4, Temer optou por não desfilar em carro público, como já havia feito em 2016.

Programação do desfile

A celebração será iniciada com a condução da tocha do Fogo Simbólico, que será carregada pelo atletista Vicente Lenílson, medalha de Prata nas Olimpíadas de 2000, em Sidney, e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro.

O primeiro desfila será o cívico-escolar, que reunirá estudantes da Rede Pública do Distrito Federal. Em sequência, será a vez do desfile cívico-militar, onde militares apresentarão parte de sua tropa, bem como bandas marciais, cavalaria e veículos.

Publicidade

Realizado pelo Batalhação de Polícia do Exército, a pirâmida humana deve levantar o público com 47 militares que se equilibrarão sobre uma moto, em feito que rendeu quebra de recorde registada no famoso Guiness Book.

O fim do desfile terá um dos momentos mais aguardados do grande público com a apresentação dos aviões da Esquadrilha da Fumaça, com acrobacias e efeitos aéreos no céu da capital.

Esplanada dos Ministérios também será palco de “Grito dos Excluídos”

Além do desfile cívico-militar, a Esplanada dos Ministérios também abrigará a 23ª edição do “Grito dos Excluídos”, tradicional manifestação organizada por movimentos sociais, sindicatos e organizações não governamentais que se reúnem para apresentar pautas de clamor popular. A concentração para o evento será no Museu da República, em lado oposto ao do desfile.

Além de Brasília, o “Grito dos Excluídos” também será realizado em outras capitais e cidades do Brasil, onde ativistas e manifestantes farão protestos contra o governo Temer.

Publicidade

Temer convida brasileiros para o desfile em suas redes sociais

Recém chegado da China, onde participou da 9ª Cúpula do Brics, o presidente Michel Temer usou suas redes sociais para convidar os brasileiros a comparecerem ao desfile.

“No dia 7 de setembro, convido todos os brasileiros a acompanhar nosso tradicional desfile cívico-militar. Celebre conosco uma das datas mais importantes da história do nosso Brasil. Viva sua independência!”, postou Temer em seu perfil oficial no Facebook, em post acompanhado de um vídeo que destacava as principais atrações do desfile.

Capitais e principais cidades do Brasil também realizam desfiles nesta quinta

Além da capital federal, as principais cidades do Brasil também terão desfiles comemorativos ao 7 de setembro. Em São Paulo, o evento ocorrerá no Sambódromo do Anhembi. No Rio, a comemoração será na Avenida Presidente Vargas. Outras cidades somo Salvador, Belo Horizonte, Recife, Curitiba, Porto Alegre e outras também têm desfiles programados para este Dia da Independência.

Em virtude dos desfiles, o trânsito das principais cidades também deve ter sua rota alterada. O feriado nacional também irá afetar o comércio e os principais serviços privados, que não devem funcionar na maior parte do país.